PORTUGUES

Welcome Wilkommen Bienvenu Bem-vindo Benvenuto

Bienvenido Velkommen Välkommen Σας καλωσορίζω

Приветствую вас Size Hoş Geldiniz קבל אותך / أهلا بكم

আপনাকে স্বাগত জানাই। Добре дошли Toivottaa teidät tervetulleeksi

 

आप का स्वागत करते हैं। Üdvözöljük Önöket を歓迎します

Bun venit Pozdravljaju vas 당신을 환영할 것이다.

https://www.youtube.com/watch?v=HS0vT9ncxxs#t=24

A site for the sake

of our planet

 

1

 

As crianças de cristal são muito objectivas e estão sempre prontas a contar a quem esteja disposto ouvi-las e numa linguagem clara, qual o seu propósito : retribuir à humanidade um amor incondicional e proporcionar a paz na Terra.

Como seus protectores, temos a responsabilidade de os amparar no seu propósito e de os respeitar pelo que são e pelo que vêm cá fazer. As crianças de cristal trazem consigo uma lembrança consciente de uma sabedoria... um conhecimento de séculos e oferecem-nos essa ciência de graça e em troca de nada.

O que vamos fazer com essa sabedoria ? Ouvimos a sua mensagem e aplicamos esse conhecimento secular às nossas vidas, ao meio ambiente e ou nosso mundo ?... Ou escolhemos permanecer em ignorância ao fecharmos uma por uma as portas às nossas crianças ? As nossas crianças são o nosso futuro. Nas nossas crianças, o futuro tem o poder de nos levar à grande mudança para o bem maior da humanidade -- isto é, caso tenhamos interesse em ouvir o que elas têm para nos contar ! ... Respeitemos assim as crianças, acalentando-as.. estando abertos para: a possibilidade de elas, por vezes, saberem mais do que nós. Não ponhamos de parte a possibilidade de uma realidade superior, simplesmente por não a compreendermos. Em vez disso, estejamos abertos para as capacidades maravilhosas das nossas crianças. Não existe qualquer razão para temermos tal. Apesar de serem assim tão dotados, são as nossas crianças e, na realidade, a sua mensagem nada traz de novo -- são somente coisas maravilhosas de que a maior parte de nós já nos esquecemos. Além do mais, se Jesus regressasse de novo à Terra, será que o reconheceriamos ? Ou escolheriam os Fariseus desta era cruxificá-lo uma vez mais ? Uma segunda vez, então... De qualquer modo, o Senhor Antoine de Saint Exupéry, o Pequeno Príncipe, está de volta... e desta vez somos muitos. Era tudo o que tinha para dizer.

Paul Codde / texto : Meg Blackburn Losey

2

 

 

 

Gostaria de lhe dar a ler uma trecho do relato, que à seis anos atrás recebi de um homem que durante toda a sua vida tem conseguido ver as auras de todas as criaturas vivas. Por conseguinte, tanto nas pessoas como nos animais ou nas plantas. Ao que parece, um bosque deve ser maravilhoso. Com as pessoas já não é tanto assim. Mas acontecia-lhe frequentemente que era assolado pelas emoções de outras pessoas. Em criança, ouvia regularmente vozes que chamavam o seu nome. Chamava-se Peter e os anjos haviam-lhe dado uma formação que lhe permitia guiar crianças recentemente falecidas para a luz. Contara-me isto uma vez e eu pedi-lhe que escrevesse o seu relato.

Este é o seu relato. E, num site como este, é de um valôr excepcional.( Paul Codde )

 

Já era tarde. Toda a gente já se havia ido deitar.

Os serões eram para mim o momento ideal para encontrar o meu sossego. Mas quando olhei do quarto de banho na direcção da cozinha, pensei ter visto a minha filhinha de quatro anos, sentada... Naquele momento, quando lhe ía para perguntar o que fazia ali embaixo áquela hora tardia, ela virou a cabeça na minha direcção. Vi então uma criança desconhecida, com cabelo louro acastanhado meio comprido. Ela olhou-me nos olhos.

A imagem do seu corpo desaparecia suavemente, para baixo. Não se viam pés, mas a sua face era radiante.

Os anjou haviam-me dito que as almas das crianças que iria conduzir, não estavam na sua maioria cientes que iriam trocar a vida pelo outro lado. A minha tarefa baseava-se precisamente em ser a sua transição. No entanto... como explicar assim a uma criança da Terra, o que se está a passar? Rapidamente entabulei uma conversa com a criança. Chamava-se Inge. Tinha acabado de fazer oito anos.

Para quebrar o silêncio, perguntei-lhe quem era a senhora que estava lá fora à porta da varanda. Eu sabia claramente quem era, era um dos anjos que me havia dado formação anteriormente. Ela disse: a senhora viu o meu sofrimento e disse-me que me levaria a um senhor que tinha estado no céu...

Tudo isto soava tão irreal. Apesar disso... Algures neste mundo, encontravam-se pais que haviam recentemente perdido a sua filha. E aquela criança tinha muita confiança na minha pessoa. Tanta confiança não havia esperado naquele momento, certamente não de uma criança que me é totalmente estranha. Perguntei-lhe: Lembras-te ainda do que se passou antes daquela senhora te haver ajudado? Ele contou-me que houvera sonhado que o seu papá lhe havia alertado para ter cuidado na bicicleta; “sonhei que tinha caido da bicicleta. Quando acordei, estava ali aquela senhora mesmo à minha frente e tudo era muito silencioso...”

Compreendi que houvera morrido no trânsito. Propus-lhe fazer um grande passeio. Ela podia contar tudo o que quisesse, durante o passeio. Foi então que para mim se deu de súbito o grande momento mágico. Um momento de que ainda tenho calafrios, cada vez que dele me recordo. Estendi-lhe a mão à alminha em transição. Senti de imediato uma enorme energia que me atravessou. Uma força que se experimenta quando se consegue uma grande victória. Uma grande dôr partiu dos meus pés para a minha cabeça... e de repente... encontrava-me a passear juntamente com a pequena Inge e a estranha Senhora, por um trilho pouco definido.

Cada passo que dava, tirava-me cada vez mais da Terra. Apesar de ter perfeita consciência de que apenas uma parte da minha alma ía ali, sentia-o muito mais fortemente do que num sonho. Principalmente o facto de me sentir cada vez mais leve, deu-me a sensação de saber conscientemente o que estava a fazer. Tinha a consciência de que estava a empreender em algo de muito especial.

O trilho onde caminhavamos parecia rodeado por almas desconhecidas. Eram por vezes foscas e envoltas numa luz clara mas muito suave. Inge ía contando e contando o seu relato. Os seus pensamentos estavam projectados na luz suave a infinita distância. Parecia que nos deslocavamo-nos através de um túnel de imagens de filme. Mas muito mais suaves e sofisticadas. A uma certa altura, Inge parou de falar. Ficou de bôca aberta a olhar para um homem mais idoso... Avô! Disse ela... Avô, voltaste.

O que acontecera naquele momento foi algo de uma felicidade intensa. De súbito, apesar de ser ainda pequena, a criança gritava: vou para o céu e o avô vai comigo também! Não sabia se interpretar aquele sentimento como pena ou alegria. Sentia-me como um idiota que havia sido designado como sendo um conhecedor do céu mas que não sabia o que fazer naquele céu. A partir daquele momento, caminhava com a desconhecida senhora, atrás do avô e da pequena Inge. Enquanto em redor, surgia de novo um oásis de imagens da vida da pequena Inge. Vi um bôlo de chantili e uma bicicleta com balões côr-de-rosa. Vi como passeava junto com o seu professor e com os seus colegas na praia. Vi muita alegria, pelo que compreendi que aquela criança, na sua curta vida, houvera tido muito amôr e alegria.

Após uma curva relativamente longa mas não cansativa, vimos à distância uma luz intensa e suave. Quanto mais nos aproximava-mos daquela luz, mais o túnel de video se tornava vago... e apareceram cada vez mais espíritos desconhecidos. Sentia-me um pouco estranho. De repente tudo se tornou muito definitivo para a pequena menina. As almas tornaram-se lentamente pessoas com faces. Sentia-me orgulhoso daquela criança, de quem ainda podia muito aprender. As almas encontravam-se no limite do trilho iluminado. A luz suave e clara havia-se espalhado por todo o lado. Podia apenas ver os contornos das faces.

O avô da pequena Inge tomou da palavra: “Daqui para a frente eu acompanho a Inge sozinho”. Inge olhou directamente para a face do avô. Olhei para a Senhora que me fez um sinal para me despedir. Dei um terno beijo na testa de Inge e acenei respeitosamente com a cabeça ao seu Avô. Ele disse que estava contente de eu a ter acompanhado. O brilho vivo dos seus olhos fizeram-me duvidar do falecimento daquela criança. Era, no entanto, o que irradiava da sua alma que me abraçava. Olhámo-nos por um momento até que a pequena Inge e seu Avô desaparecessem completamente na suave luz.

Não sabia se me sentir alegre ou triste naquele momento. Tudo parecia tão perfeito... tão perfeito...

 

 

Akiane Kramarik

 

 

 

Crianças Indigo

 

 

3

 

Por Ana Lucia Santana

Os psicoterapeutas e profissionais da área pedagógica vêm notando desde a década de 70 o surgimento de crianças com comportamentos diferentes e inusitados. Eles passaram a observar uma alta incidência de insubordinação nesta geração muitas vezes denominada Y.

Estes seres hiperativos foram inicialmente considerados como portadores de transtornos psíquicos e, portanto, carentes de cuidados medicinais. Este quadro mudou somente com a constatação de que não se tratava apenas de algumas crianças, mas de toda uma geração peculiar, mais voltada para as questões espirituais e mais aptas a enfrentar a inevitável transição planetária, de um recanto de provações e expiações a um universo regenerador.

A Doutora Nancy Ann Tape definiu estas crianças como índigo por elas apresentarem uma aura azulada, exatamente no matiz próprio do blue jeans. Elas têm plena consciência de ser integrantes de uma linhagem única e revelam um intelecto altamente desenvolvido.

Os índigos foram divididos em quatro categorias – artistas, humanistas, conceituais e interdimensionais ou transdimensionais. Muitas vezes se torna difícil perceber a diferença entre crianças com perturbações psíquicas e comportamentais e esta geração especial daí a necessidade de uma maior atenção dos profissionais deste campo.

Estas crianças, bem como as cristais, são reconhecidas através de dez traços essenciais: elas têm a mais completa percepção de suas ações, são insurgentes, não conseguem permanecer em uma fila, são incapazes de ficar quietas por muito tempo, não aceitam intimidações ou constrangimentos emocionais.

As crianças cristal são assim conhecidas por revelarem uma aura branca e brilhante . Desde a década de 80 elas estão renascendo em grande número, e esse fato demanda uma urgente modificação nos modelos pedagógicos tradicionais e uma terapia psicológica renovada, para que elas sejam assessoradas de forma ideal. Pois, afinal, é esta geração que definirá, no futuro, os rumos da Humanidade.

Desde que o médium e palestrante espírita Divaldo Franco falou sobre o tema e seu discurso foi registrado e convertido em obra bilíngüe pela neurocientista brasileira Vanessa Anseloni, residente nos Estados Unidos, vários espíritas passaram a simpatizar com o tema. Mas o assunto ainda é controverso, e alguns grupos ainda rejeitam este conceito. Divaldo, por sua vez, não admite qualquer ascendência mediúnica em sua concepção sobre as crianças índigo.

Os espíritas mais receptivos consideram estas criaturas como seres espirituais provenientes de outras esferas e desterrados em nosso Planeta. Incapazes de seguir a trajetória evolutiva e os novos padrões morais destes mundos, eles foram enviados para esferas menos elevadas para contribuir com seu progresso. Este processo é conhecido na doutrina espírita como migrações espirituais.

Fontes:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Crian%C3%A7a_%C3%ADndigo

http://www.divaldofranco.com/noticias.php?not=42

http://www.youtube.com/watch?v=2rdsJ8RUPm4

http://www.youtube.com/watch?v=u3k6ulWNsKw

http://www.youtube.com/watch?v=qnwR0YKkF9Y

 

Akiane Kramarik

 

 

4

Informação básica para pais de Crianças Indigo/Cristal

 

Na interação e no cuidar da sua criança Índigo/Cristal precisam de ter em mente que a sua criança é muito diferente de vocês. O que funcionou com vocês em crianças não irá funcionar para elas.

As principais áreas a que terão de ajustarem-se são:

•1. A criança Índigo/Cristal é um ser com Orientação Cerebral Direita.

•2. A criança Índigo/Cristal é Super Sensível ao stress ambiental.

•3. A criança Índigo/Cristal é sensível à comida e irá desenvolver frequentemente Alergias Alimentares.

 

O que é que isto significa para vocês?

 

1. ORIENTAÇÃO CEREBRAL DIREITA

As crianças Indigo e Cristal operam primariamente a partir do Cérebro Direito. Isto significa que são criativos, imaginativos e emocionalmente inteligentes. Contudo, a nossa cultura é primariamente orientada pelo cérebro esquerdo, o que significa que é linear, racional e lógica.

As dificuldades surgem quando a criança entra para o sistema escolar e precisa de adaptar-se ao seu modo de funcionamento. Um “cérebro-à-direita” aprende muito depressa e muitas vezes dá pulos intuitivos que demonstram uma inteligência estonteante. Mas o sistema escolar é conduzido por um funcionamento cerebral esquerdo o qual é repetitivo, rotineiro, organizado e linear/cumulativo. Esta abordagem “mais lenta” significa que a criança começa a sentir-se aborrecida muito depressa e perde o interesse. Geralmente depois começa a procurar outros meios para estimular o seu interesse. Isto leva a que muitas Crianças Índigo sejam etiquetadas como tendo Transtorno de Défit de Atenção (TDA) ou/e Hiperatividade (TDAH) e são muitas vezes medicadas com Ritalina, quando de fato não existe nada de errado com elas a não ser aborrecimento.

Por causa da sua inteligência intuitiva, elas também podem muitas vezes ir passando os vários anos do sistema escolar sem que se apercebam que não conseguem ler ou escrever “corretamente”. Isto leva a que muitas vezes a criança seja etiquetada como disléxica, outro estigma.

Isto é muito danificante porque a Criança Indigo tem um sentido forte de ser “perfeita”, e está aqui numa “missão”. Se lhe é dito que é disfuncional ou que “há alguma coisa de errado com ela”, vai ficar traumatizada e, ou procurar a cura, ou disfarçar essa mágoa. Isto pode levar, nos anos da adolescencia, ao abuso de drogas ou a distúrbios alimentares, como meios de cura ou de esconder o trauma.

É vital e importante que a Criança Índigo ou Cristal seja reconhecida como diferente mas não disfuncional. Se a diferença for honrada e manejada, a criança irá crescer de um modo equilibrado, mas se não, irá levar à disfunção e a problemas.

 

2. SENSIBILIDADE AO STRESS AMBIENTAL

A sua criança é também muito mais sensível do que o que vocês foram ou são. É a audição, a visão, e os sentidos que são muito mais desenvolvidos que os seus. Isto faz parte da mudança evolucionária, à medida que os humanos se tornam mais abertos e sensíveis.

O que isto significa é que a sua criança vai ficar estressada e perturbada por sons altos, por multidões, música aos berros e pela televisão. A sua resposta pode tanto ser fechar-se e deprimir-se, como permitir os estímulos e tornar-se hiperativa e destrutiva.

Sendo assim, a Criança Índigo/Cristal, precisa de um ambiente em casa tranquilo e calmo, com o mínimo de brinquedos, jogos eletrônicos, e engenhocas, e certamente não usar a televisão como babysitter. Existe uma correlação quase direta entre a quantidade e tipo de TV que é absorvida e o comportamento da criança.

O stress ambiental também inclui a relação entre os pais. Se existir abertura ou agressão não expressa, verbal ou não verbal, no lar, a criança irá apanhá-la e desenvolverá mecanismos disfuncionais ou defensivos. Não conseguem esconder nada de uma Criança Índigo/Cristal, ela “lê” o seu campo de energia e percebe exatamente aquilo que pensam e sentem mesmo que permaneça não dito.

 

ALERGIAS ALIMENTARES

O Corpo físico de uma Criança Indigo/Cristal também é muito sensível. Muitas vezes elas não conseguem tolerar comida processada e os seus aditivos. E também reagem mal ao açúcar e a cafeína..

Isto significa que os doces, as bebidas artificialmente coloridas tortas, hamburguers, e chocolates, irão criar um comportamento hiperactivo e disfuncional na criança. Dar um chocolate, ou uma Coca-Cola, a uma Criança Índigo/Cristal é, literalmente, o equivalente a dar-lhe uma droga. O seu sistema vai reagir tornando-se sobreativo - produzindo um maior comportamento hiperativo seguido por uma queda, quando os efeitos esgotarem-se, e a criança for abaixo e sofrer de uma retirada dos sintomas do açúcar e da cafeína.

Isto pode também, significar que um dieta “normal” não será tolerada por muitos Índigos. A galinha e a carne estão cheias de hormonios, antibióticos, e químicos, e a maior parte da comida embalada e processada, que se compra nos supermercados, também contêem químicos que podem não ser tolerados. Somando a isto, a criança pode ser intolerante ao trigo e a laticínios, produzindo sintomas como eczemas, problemas digestivos, sinusite e desordens relacionadas com a garganta, ouvidos e nariz.

Linhas de Orientação para Lidar com estes Problemas

 

EDUCAÇÃO

 

A sua Criança Indigo/Cristal irá reagir bem a um sistema educacional que equilibre o cérebro direito e esquerdo e que inclua criatividade na forma de música, arte, dança, e teatro..

Provavelmente o melhor sistema para estas crianças é o Sistema Waldorf que maximiza inicialmente o elemento cerebral direito enquanto desenvolve o esquerdo como suporte. Foca também a integração da criança no seu corpo, uma vez que muitas crianças Indigo lidam com os seus traumas ao se tornar “aluada” ou escapando dos seus corpos.

Se a sua criança fizer um teste para identificar TDA ou TDAH, seja cauteloso em medicá-la com Ritalina, que é um medicamento (com efeitos secundários e sintomas de isolamento) usado para ajudar os pais e professores a lidarem em vez de simplesmente a assistirem. Existem alternativas dietéticas e homeopáticas menos prejudiciais e mais efetivas.

 

STRESS AMBIENTAL

Nos primeiros anos de vida da criança tentar minimizar os barulho e o stress. Isto significa diminuir as atividades “violentas”, os jogos eletrônicos, e a televisão.

Incentivar a brincadeira, a imaginação, livros e leitura destes, colorir desenhos, e histórias.

Basicamente, criar, o mais possível, um ambiente calmo e tranquilo.

 

COMIDA

Esta é a mais difícil de monitorizar, já que o consumo conveniente e a pressão dos colegas significam que a criança vai ser exposta à sedução da “comida de plástico”.

Tentem focarem-se em alternativas naturais, orgânicas e saudáveis.

Se a criança sofrer de mudanças de humor ou alergias pode haver a necessidade de identificarem o problema alimentar e criar um plano mais equilibrado nutricionalmente.

 

 

 

 

 

 

5

Crianças das Estrelas

 

Celso J.S.Nogueira -

Vou falar das Crianças das Estrelas: as Crianças Índigo e as Crianças Cristal.

Estes seres fantásticos que estão chegando à Terra, cada vez mais e mais... encarnando em todos os países, em todas as raças, em todos os níveis sociais, nas aldeias mais distantes e nas cidades mais populosas e muito... muito possivelmente dentro da sua própria família, bem debaixo do seu nariz!

As Crianças Índigo são crianças fabulosas que estão encarnando aqui na Terra há bastante tempo, mas vinham poucas delas, até que depois da segunda guerra mundial começaram a vir em maior número e a partir da década de 70 então, começaram a chegar em ondas, cada vez mais e mais delas. Hoje, os dados são impressionantes! Pesquisadores americanos estimam que depois de 1995 oitenta e cinco por cento dos nascimentos ocorridos na Terra é de crianças índigo!

Fica muito evidente qu’alguma coisa está acontecendo. Mas, o quê? Astrônomos importantes como Freidrich Wilhelm Bessel, Paul Otto Hesse, José Comas Sola, Edmund Halley, depois de estudos e cálculos minuciosos, chegaram à conclusão de que o sistema solar gira em torno de Alcione, estrela central da constelação das Plêiades.

Nosso Sol é, portanto, a oitava estrela da constelação e leva 26 mil anos para completar uma órbita ao redor de Alcione. Descobriu-se também que Alcione tem à sua volta um gigantesco anel de radiação que foi chamado de cinturão de fótons. Um fóton consiste na decomposição ou divisão do elétron, sendo a mais ínfima partícula de energia eletromagnética.

A cada dez mil anos o Sistema Solar penetra por dois mil anos nesse anel de fótons, ficando mais próximo d’Alcione. A última vez que a Terra passou por ele foi durante a Era de Leão, há cerca de doze mil anos.

Na Era de Aquário, que está se iniciando, ficaremos outros dois mil anos nesse anel de radiação. Sob a influência dos fótons, todas as moléculas e átomos do nosso planeta passam por uma transformação, precisando se readaptar a novos parâmetros. A excitação molecular cria um tipo de luz constante, permanente, que não é quente, uma luz sem temperatura que não produz sombra nem escuridão. Talvez por isso os hindus chamem d’Era da Luz os tempos qu’estão por vir.

Desde 1972, o Sistema Solar vem entrando no cinturão de fótons, e em 1987 foi a Terra que começou a penetrá-lo, estando gradativamente avançando até que no ano de 2012 deverá estar totalmente imersa em sua luz.

As pessoas despertas acordarão como de um sonho com seus centros de energia totalmente abertos, livres do véu do esquecimento, tanto pessoal quanto planetário, pertinentes à terceira dimensão. As pessoas começarão a se reconectar com suas origens e propósitos da alma, que é o retorno da Consciência Crística para o planeta.

 

 

Um novo campo de percepção está disponível para aqueles que aprenderem a ver as coisas de uma outra forma. Desde a década de oitenta, quando a Terra começou a penetrar no cinturão de fótons, estávamos nos sincronizando com a quarta dimensão e nos preparando para receber a radiação de Alcione, estrela de quinta dimensão.

O véu do esquecimento que envolve o nosso planeta cairá de tal modo que os primeiros Semeadores de Vida na Terra, vindos de outros sistemas, reaparecerão nos auxiliando a firmar uma nova civilização e a incorporar uma nova realidade.

Prestem atenção, eu vou repetir: O véu do esquecimento que envolve o nosso planeta cairá de tal modo que os primeiros Semeadores de Vida na Terra, vindos de outros sistemas, reaparecerão nos auxiliando a firmar uma nova civilização e a incorporar uma nova realidade.

Meus irmãos... é aqui que entram as Crianças Índigo - essas crianças fascinantes... fantásticas... fabulosas... que são o próximo passo na nossa evolução como espécie humana. Vocês se lembram da novela " Mulheres Apaixonadas " que a Globo apresentou há algum tempo atrás? Vocês se lembram da Salete? Aquela menininha que tinha visões, que previa acontecimentos... pois bem, é o próprio autor da novela, o escritor Manoel Carlos, que fala:nos Estados Unidos ouvi falar muito das Crianças Índigo. Salete é Índigo. Ela tem uma percepção da Luz, vê anjos, prevê acontecimentos, tem premonições...

As Crianças Índigo são crianças espetaculares. E estão chegando para ajudar na transformação social, educacional, familiar e espiritual de todo o planeta, independentemente de fronteiras e de classes sociais. São catalisadores desencadeando as reações necessárias para a transformação.

Elas possuem uma estrutura cerebral diferente no tocante ao uso da potencialidade dos hemisférios esquerdo, menos desenvolvido, e direito, mais desenvolvido. Isso quer dizer qu’elas vão além do plano intelectual. Elas exigem do ambiente à sua volta certas características que não são comuns nas sociedades atuais. E elas vão agir, aliás, já estão agindo, através do questionamento e transformação de todas as instituições rígidas que as circundam, começando pela família. Família que se baseia na imposição de regras, sem tempo de dedicação, sem autenticidade, sem explicações, sem informação, sem escolha e sem negociação. Essas crianças simplesmente não respondem a essas estruturas rígidas, porque para elas é imprescindível haver opções, relações verdadeiras e muita negociação. Elas não aceitam serem enganadas porque elas têm uma intuição para perceber as verdadeiras intenções dos adultos e não têm medo. Portanto, intimidá-las não traz resultado, porque elas sempre encontrarão uma maneira d’obter a verdade.

A segunda instituição vulnerável à ação dos Índigos é a escola. Hoje, o modelo de ensino é sempre imposto sem muita interação, um modelo feito para o hemisfério esquerdo do cérebro, o racional, o lógico, incompatível com os Índigos que naturalmente têm o hemisfério direito mais desenvolvido, o que lhes dá o grande poder intuitivo, a grande capacidade de percepção extra-sensorial. Como elas possuem uma estrutura mental diferente, elas resolvem problemas conhecidos de uma maneira diferente, além de encontrar formas diferentes de raciocínio que abalam o modelo atual de ensino.

Assim, através do questionamento, elas influenciarão todas as demais instituições, o mercado de trabalho, a cidadania, as relações interpessoais, as relações amorosas, as instituições espirituais, pois elas são essencialmente dirigidas pelo hemisfério direito.

Mas por quê índigo? Por que Crianças Índigo?

O nome : Criança Índigo refere-se à cor da sua aura, o azul-índigo, qu’indica uma aura de Mestre. São crianças especiais que decidiram encarnar no nosso planeta com uma missão e um objetivo específico: são guerreiros, detonadores de sistemas! Elas já vêm ao nosso planeta há bastante tempo. Alguns até argumentam que Jesus e Budha eram índigos, pois a missão deles, numa escala global, era mudar a consciência da humanidade.

Nos anos setenta, começaram a vir em ondas. Muitos deles... seres que hoje estão nos seus vinte...trinta anos, a geração guerreira que começou a desafiar e a mudar os velhos sistemas. Nos anos oitenta e noventa, mais e mais ondas de índigos chegaram, agora com uma sensibilidade e refinamento maiores ainda! E no final dos anos noventa e início de dois mil eles estão ganhando a companhia das " Crianças Cristal " que chegam também como guerreiros... mas guerreiros espirituais!

Presentemente, nós estamos vendo uma geração de Mestres vindo para o nosso planeta, essas crianças fantásticas também chamadas de " Crianças das Estrelas". Elas são a nossa esperança para o futuro, elas são a nossa esperança para o presente.

Mas como reconhecer um Índigo?

A resposta óbvia seria verificar a cor da sua aura. Mas nem todos os Índigos têm a aura na cor azul-escuro o tempo todo. O termo Índigo refere-se mais ao estado da alma do que à cor da aura, que muda um pouco d’acordo com sua disposição e seus interesses. Videntes que vêem os estados da alma podem identificar Índigos. No entanto, é fácil identificar um Índigo pela sua sensibilidade, criatividade, espiritualidade e padrões gerais de comportamento.

Como crianças, elas se parecem com todas as outras crianças, embora sejam freqüentemente bonitas e com olhos penetrantes. São sempre altamente inteligentes e cheias de perguntas e exigências. Têm muita energia, são muito ativas, têm muita força de vontade e um senso forte do seu próprio valor e importância. Sabem que são especiais e qu’estão aqui para fazer alguma coisa significativa. Possuem amigos "imaginários" e adoram fadas e golfinhos.

A inteligência excepcional das crianças índigo pode ser exasperante para os adultos. Ninguém lhes dirá o que fazer, elas quererão debater e negociar cada instrução, cada ordem. Até que os pais aprendam que estão sendo ensinados e aprendam a respeitar o direito de escolha da criança e honrar essa escolha, eles continuarão a ser confrontados com lutas de poder e batalhas de força de vontade. A maneira correta de lidar com um Índigo é d’estar disposto a negociar, explicar, dar-lhe escolhas. Ordens como "Faça assim porque eu estou mandando" só produzirão hostilidade e indiferença.

Os Índigos geralmente não gostam nada-nada da escola. Ficam entediados pelo passo vagaroso e pelas tarefas repetitivas. Aprendem através do nível de explicação, resistindo à memorização mecânica ou a serem simplesmente ouvintes. São hiperativos, distraem-se com facilidade, tendo baixo poder de concentração. Têm alta sensibilidade, não conseguem ficar quietos ou sentados, a menos qu’estejam envolvidos em alguma coisa do seu interesse. Por serem orientados pela parte direita do cérebro, quando adultos, são geralmente atraídos por atividades e ocupações que usam o hemisfério direito, como a música, a arte, a escrita, a espiritualidade. Adoram cristais, Reiki, meditação e yoga. São intensivamente leais aos seus amigos, acreditam em honestidade e comunicação nas relações. Ficam freqüentemente desconcertados com a desonestidade, a manipulação e outras formas de comportamento egoísta.

Uma das características-chave dos Índigos é freqüentemente a sua ira. As figuras de autoridade não conseguem nada com elas. Num nível profundo, elas não reconhecem a autoridade. Sabem que somos todos iguais e por isso ficam irritados, furiosos mesmo, com aqueles que se comportam ditatorialmente, quer sejam pais, professores ou patrões. São muito compassivos, amam os animais e qualquer forma de vida; têm muitos medos, como medo da morte e perda dos seres amados. Se experimentam muito cedo decepção ou falha, podem desistir e desenvolver um bloqueio permanente.

Um problema sério quando se trata de Crianças Índigo é o diagnóstico errado habitual dado aos índigos, catalogados como portadores de Transtorno do Déficit de Atenção ou do Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade. Com isso, dá-se medicação a elas, sedando toda a sua imensa potencialidade.

Essas crianças estão aqui para nos ajudar na transformação do mundo. Portanto nós precisamos aprender com elas, principalmente escutando-as e observando-as.

As Crianças Índigo chegam aqui para nos dar um novo entendimento, são verdadeiros presentes para os pais, para o planeta e para o universo. Quando honramos estes pequeninos como presentes, nós vemos a sabedoria divina que eles trazem para ajudar a crescer a vibração do nosso Planeta.

O passo mais importante para entender e se comunicar com essas crianças é mudar a nossa forma de pensar a respeito delas, derrubando os nossos paradigmas para honrar os pequeninos como presentes ao invés de problemas. Assim abriremos as portas para perceber a grande sabedoria que elas trazem. Os pequeninos honrarão essa intenção, e um caminho para o entendimento aparecerá.

Até aqui, falamos dessas crianças maravilhosas, as Crianças Índigo. Mas existe mais... as Crianças Cristal estão chegando!

Por volta do ano dois mil essas crianças começaram e encarnar na Terra. Elas representam o próximo passo na evolução humana. Elas seguem às crianças índigo. Sua missão é completar o trabalho começado pelos índigos. Elas também são detonadores de sistemas, são os guerreiros espirituais que vêm desmantelar e remover maneiras velhas e limitadas de pensar e elas vêm para começar o processo de renovação e reconstrução.

A missão primária de uma Criança Cristal é ensinar as maneiras de vida muiltidimensional em harmonia, paz e amor. Elas estão vindo nos ensinar como viver vidas emancipadas com o reconhecimento dos nossos plenos poderes. Elas estão vindo para nos ajudar a nos ligar novamente com as Energias Divinas. Elas representam o caminho futuro da raça humana. E uma das dádivas mais mágicas delas para conosco é que elas são catalisadores para a nossa evolução: várias crianças e adultos Índigo estão fazendo a transição para o estado Cristal com a ajuda da elevação energética que essas crianças fornecem pela mera presença delas na Terra.

As Crianças Cristal são primariamente reconhecidas pelas suas auras que são geralmente claras como cristal mas também podem ter tons de dourado, azul-índigo ou púrpura, dependendo de sua afiliação de Raio. As Crianças Cristal nascem com acesso ao seu Eu Multidimensional e estão geralmente ancoradas na Sexta Dimensão com a habilidade de se abrirem para a Nona Dimensão, a completa Consciência do Cristo! Isso quando o planeta estiver pronto, provavelmente em torno do ano de 2012, quando a primeira geração de Crianças Cristal atingir os 12 anos de idade.

Existem algumas características bastante definidas que as Crianças Cristal têm quando encarnam:

São geralmente bebês grandes e freqüentemente têm cabeças que são proporcionalmente grandes para os seus corpos. Tem olhos grandes e penetrantes e fitam as pessoas nos olhos por longos períodos. O que esses bebês estão fazendo é acessar os registros de alma do adulto e ler quem é ele. Esse é um comportamento perfeitamente normal para essas crianças e elas ficarão muito contentes se o adulto fizer o mesmo de volta. É a maneira cristal de se comunicar, olhar para a alma de outro ser e sentir quem é ele. Uma coisa que todos nós aprenderemos a fazer no futuro.

Emocionalmente, elas são geralmente bebês muito bons e calmos formando um laço intenso com a mãe. Esta é, geralmente, a primeira encarnação delas neste planeta e precisam da reafirmação e estabilidade que a presença física da mãe pode oferecer. São crianças extremamente amorosas e freqüentemente procurarão ajudar e curar tanto humanos como animais em sofrimento. São crianças também extremamente sensíveis. Elas não só são capazes de ler o registro da alma de uma pessoa como também sentir todas as tensões e raivas não resolvidas que a pessoa carrega em seu subconsciente. É por isso qu’elas são tão sensíveis ao seu meio ambiente.

Educar uma Criança Cristal pode ser um verdadeiro desafio. Freqüentemente os assuntos não resolvidos dos pais são sentidos pela criança, que será afetada negativamente por essas emoções . Mas a característica pessoal mais fora de série das Crianças Cristal é o seu poder. Elas são muito poderosas! Elas têm as energias poderosas de um Mestre da Sexta Dimensão. É por isso essencial que os pais aprendam a respeitá-las e a negociar com elas. Senão essa energia poderosa será usada em lutas por poder que seus pais ou educadores nunca irão ganhar.

Crianças Cristal têm várias dádivas especiais que derivam das suas habilidades multidimensionais. Elas têm a habilidade não só de ler os campos de energia das pessoas como muitas outras habilidades psíquicas, desde mover objetos mentalmente até ler livros sem abrí-los e ainda têm uma grande habilidade de comunicar-se telepaticamente e é por isso que elas, às vezes, não falam até que tenham 4 ou 5 anos de idade.

A missão de todas as Crianças Cristal é avançar a evolução humana pelo processo da ascensão. Elas estão aqui para nos mostrar como viver de uma maneira completamente nova e diferente.

Só por chegarem em tão grande número e ancorarem a Energia Crística, elas estão facilitando uma mudança nas energias planetárias. Mas também estão aqui para nos ensinar técnicas de vida multidimensional para o reconhecimento dos nossos plenos poderes.

A Criança Cristal move-se facilmente entre as diferentes dimensões. Não estão nada limitadas ao mundo da terceira dimensão; embora tenham corpos e funcionem na realidade da terceira dimensão, elas estão essencialmente sintonizadas na sexta dimensão e trazem essa energia para o nosso planeta.

O princípio fundamental por trás dessa maneira de viver é a Consciência da Unificação. As Crianças Cristal percebem e vivem a Unidade. Elas sentem as energias dos outros. Elas apanham ansiedade e stress que não são delas. Elas sentem as toxinas no ambiente e na comida.

Temos que estar conscientes da dádiva que estas crianças nos trazem. Elas são o futuro. Elas nos mostram o que estamos nos tornando. E a dádiva especial delas para conosco é para nos dizer que nós podemos nos tornar assim como elas agora, se deixarmos que as suas energias nos movam para o próximo degrau na escala da evolução.

Ao chegarem em número tão significativo elas estão precipitando o despertar espiritual de grande número de humanos. E não há limite d’idade para isso. Você pode ter 10 ou 100 anos, pegar essa onda d’energia Cristal e renascer no seu estado Crístico!

Aos pais dessas crianças fascinantes eu gostaria de dizer aqui algumas palavras do Mestre Sananda que eu passei de uma mensagem publicada na revista Amaluz em 1998. Sananda é o nome como esotericamente é conhecido Jesus de Nazaré:

" Não as forcem a enquadrar-se nos velhos moldes. Elas chegaram com novas marcas de nível superior para a humanidade, codificadas dentro do seu ser. Elas carregam em seu interior grande sabedoria espiritual;

- Lembrem-se de que seus filhos não são vocês. Em outros níveis do seu ser vocês estabeleceram acordos com eles para permitir-lhes vir através de vocês para a experiência no plano terrestre. Repito, eles vieram através de vocês mas não são vocês. Cada um deles é único e vem com sua própria personalidade, talentos e pensamentos. Não esperem que eles vivam os seus sonhos, pois eles têm os deles próprios;

- Passa ser sua tarefa amá-los incondicionalmente, sustentá-los e encorajá-los em suas explorações e ajudá-los a descobrir seu propósito de estarem aqui, suas missões e a exercerem os papéis apropriados para eles;

- Essas crianças trazem sistemas neurológicos diferentes em seus corpos. Elas exigirão muito amor e compreensão por parte de suas famílias e da comunidade. Essas crianças podem parecer desajustadas e de certo modo são, porque elas anunciam a chegada da sétima raça original, a raça índigo a seu planeta. Elas são as precursoras de seres de dimensões ainda superiores que virão;

- Seria conveniente que vocês ampliassem seus horizontes com alguns estudos metafísicos. Seria desejável iniciar momentos de meditação familiar e que cada pessoa possa compartilhar em comunhão espiritual juntos, permitam que cada membro da família participe de algum modo. Além disso, as crianças sabem que existem anjos em volta, encorajem essas conexões. Permitam que reino angélico participe desses momentos miraculosos no plano terrestre; - Dêem ouvidos a seus filhos quando eles manifestarem o desejo de compartilhar suas experiências com sonhos. Muita informação é transmitida, os sonhos trazem mensagens da alma;

- Encorajem seus filhos a apreciar e respeitar a natureza, a sentir a terra, a observar as plantas e os animais em seu ciclo através das estações. Ensinem-nos a amar e respeitar seus animais de estimação. Se possível, levem-os à praia, às montanhas e às planícies. Permitam que eles vejam diretamente a grandeza do planeta. Pergunte o que eles estão vendo e sentindo e talvez mesmo ouvindo, pois eles não irão ver, ouvir e sentir o mesmo que vocês. Dêem ouvidos a eles. Eles são sábios. Permitam que eles os ensinem de modo que vocês possam compartilhar de seu encanto;

- Com a mescla dos planos astrais inferiores no plano físico, seus filhos podem ver figuras, formas e outras aparições... essas visões durante a vigília são válidas e podem ser divertidas ou assustadoras...sábio é o pai que não rejeita jocosamente essas experiências de seus filhos. Encorajem seus filhos a falar sobre essas experiências, e riam com eles ou compadeçam-se com eles mas permitam que eles manifestem essas visões. Trabalhem com seus filhos para passar essas entidades para as mãos orientadoras das forças angelicais, que em troca os conduzirão a seus lugares apropriados em outros planos de existência;

- Não sejam precipitados em suas avaliações, pois seus filhos não são loucos. Se vocês, de alguma maneira, ficam confusos sobre como cuidar dessas crianças e do seu crescimento, procurem orientação apropriada daqueles que compreendem princípios metafísicos e espirituais e a transmutação de energia;

- Dêem aos seus filhos sua máxima atenção. Eles os ensinarão muito e vocês serão abençoados por eles. Amem incondicionalmente. Abençoem vigorosamente. Tratem com grande carinho, pois eles são seus

 

onderstaande informatie is te vinden op deze site

http://www.flordavida.com.br/HTML/indigo.html

O que é uma Criança Índigo?

O que podemos fazer?

Aspectos Espirituais dos Índigos

Questões relacionadas à Saúde

Resumo

 

As Crianças Índigo

Este tema é fascinante será tratado em nosso site como de suma importância.

É informação essencial para pais, educadores, psicólogos, pedagogos e todas as pessoas interessadas num futuro melhor para nossas crianças e para toda a humanidade.

A seguir você poderá ter uma boa introdução ao assunto das Crianças Indigo seguida de resumo extremamente bem feito do livro "The Indigo Children" escrito por Lee Carroll e Jan Tober publicado pela primeira vez em Maio/1999 e já traduzido para o espanhol (mas ainda não foi traduzido para o português),

 

Como diz Drunvalo Melchizedek: "As crianças vão liderar o caminho."

Boa pesquisa!

 

"As Crianças Índigo"

Texto traduzido e adaptado por Dailton Menezes, junho 2001, que gentilmente nos cedeu o direito de publicação aqui no nosso site da Flor da Vida/Brasil.

 

A partir da década de 80, elas começaram a chegar, mais e mais. São crianças espetaculares. Elas estão chegando para ajudar na transformação social, educacional, familiar e espiritual de todo o planeta, independente das fronteiras e de classes sociais. São como catalisadores para desencadear as reações necessárias para as transformações. Elas possuem uma estrutura cerebral diferente no tocante ao uso de potencialidades dos hemisférios esquerdo (menos) e direito (mais). Isso quer dizer que elas vão além do plano intelectual, sendo que no plano comportamental está o foco do seu brilho. Elas exigem do ambiente em volta delas certas características que não são comuns ou autênticas nas sociedades atuais. Elas nos ajudarão a destituir dois paradigmas da humanidade:

 

1. Elas nos ajudarão a diminuir o distanciamento entre o PENSAR e o AGIR. Hoje na nossa sociedade todos sabem o que é certo ou errado. No entanto, nós freqüentemente agimos diferentemente do que pensamos. Dessa maneira, estas crianças vão nos induzir a diminuir este distanciamento gerando assim uma sociedade mais autêntica, transparente, verdadeira, com maior confiança nos inter-relacionamentos.

 

2. Elas também nos ajudarão a mudar o foco do EU para o PRÓXIMO, inicialmente a partir do restabelecimento da autenticidade e confiança da humanidade, que são pré-requisitos para que possamos respeitar e considerar mais o PRÓXIMO do que a nós mesmos. Como conseqüência, teremos a diminuição do Egoísmo, da Inveja, das Exclusões, resultando em maior solidariedade e partilha.Você pode estar se perguntando: Como estas crianças vão fazer tal transformação? Através do questionamento e transformação de todas as entidades rígidas que as circundam. Começando pela Família, que hoje baseia-se na imposição de regras, sem tempo de dedicação, sem autenticidade, sem explicações, sem informação, sem escolha e sem negociação. Estas crianças simplesmente não respondem a estas estruturas rígidas porque para elas é imprescindível haver opções, relações verdadeiras e muita negociação. Elas não aceitam serem enganadas porque elas têm uma "intuição" para perceber as verdadeiras intenções e não têm medo. Portanto, intimidá-las não traz resultado, porque elas sempre encontrarão uma maneira de obter a verdade. Elas percebem as verdadeiras intenções e as fraquezas dos adultos.

 

A segunda entidade vulnerável à ação dos Índigos é a Escola. Hoje o modelo de ensino é sempre imposto sem muita interação, sem escutar e sem a participação dos estudantes. Simplesmente este modelo é incompatível com os Índigos, sendo portanto o pior conflito, muitas vezes superior ao existente com a Família, principalmente pela falta de vínculos afetivos ou amor. Como elas possuem um estrutura mental diferente, elas resolvem problemas conhecidos de uma maneira diferente, além de encontrar formas diferentes de raciocínio que abalam o modelo atual de ensino.

Assim, através do questionamento, elas influenciarão todas as demais entidades, tais como:, Mercado de Trabalho, Cidadania, Relações Interpessoais, Relações Amorosas e Instituições Espirituais, pois elas são essencialmente dirigidas pelo hemisfério direito.

 

Infelizmente, a missão dos Índigos é muito difícil, pois sofrerá rejeição de algumas entidades da nossa sociedade. Antes dos anos 80, os Índigos morriam muito cedo porque a freqüência de energia do planeta não era favorável a eles. Depois da nova freqüência e com um montante maior de crianças, eles começaram a causar transformações maravilhosas no nosso planeta e em breve, após uma geração, nós perceberemos claramente as modificações.

O assunto sobre Crianças Índigo é fascinante e relativamente novo no campo da pesquisa. Existem poucas obras sobre o assunto. Apresentaremos aqui um resumo do Livro "The Indigo Children" escrito por Lee Carroll e Jan Tober que teve sua primeira publicação em Maio/1999 e já foi traduzido para o espanhol (mas ainda não foi traduzido para o português), obedecendo a seguinte organização:

 

------------------------------------------------------------------------

Jan Tober e Lee Carroll já apresentaram milhares de seminários em todo o mundo sobre ativação e melhoramento da auto-estima humana. Lee já escreveu 7 livros de auto-ajuda e elevação da consciência espiritual nos últimos 10 anos, inclusive com tradução para diferentes línguas. Jan é autora de numerosos artigos, fitas e CD´s relacionados com auto-ajuda. Jan e Lee têm sido convidados a apresentarem sua mensagem de esperança e amor nas Nações Unidas.

Depois de muito contato com diferentes sociedades ao longo do mundo, eles começaram a perceber que existiam padrões e dúvidas comuns por parte de pais no tratamento com essas crianças. Adicionalmente, não existia literatura especializada sobre o tema, sendo que eles observaram o seguinte:

 

• Este não é um fenômeno norte-americano. Eles o testemunharam em três continentes diferentes.

• Este fenômeno parece ir além das barreiras culturais envolvendo múltiplas línguas.

• Este assunto escapou à atenção da mídia devido ao fato de ser muito estranho para ser considerado no paradigma da psicologia humana, que considera a humanidade como um modelo estático e imutável. Como uma regra, a sociedade tende a acreditar na evolução mas somente na forma passada. O pensamento de que nós deveríamos estar vendo um novo nível de consciência humana vagarosamente chegando no nosso planeta agora, manifestado nas nossas crianças, vai além do pensamento conservativo estabelecido.

• Este fenômeno está aumentando. Mais relatórios continuam a vir à tona.

• Há muito tempo os profissionais começaram a observar este fenômeno.

• Existem algumas respostas emergentes para os desafios.

 

Objetivo do Livro

Este livro foi escrito para os pais. É uma relatório inicial, longe de ser um relatório conclusivo sobre o assunto. É apresentado para ajudar a você e a família, dando informações para aplicação prática nas questões diárias. Este livro foi montado principalmente através do encorajamento e até pedidos insistentes de centenas de pais e professores que os autores encontraram ao longo do mundo.

Forma de Apresentação do Assunto

O livro faz uma compilação de trabalhos de vários outros autores PhD´s através de artigos que representam a experiência em pesquisa ou resultante de terapias de diversos profissionais.

 

 

 

O que é uma Criança Índigo?

Uma Criança Índigo é aquela que apresenta um novo e incomum conjunto de atributos psicológicos e mostra um padrão de comportamento geralmente não documentado ainda. Este padrão tem fatores comuns e únicos que sugerem que aqueles que interagem com elas (pais em particular) mudam seu tratamento e orientação com objetivo de obter o equilíbrio. Ignorar esses novos padrões é potencialmente criar desequilíbrio e frustração na mente desta preciosa nova vida.

 

Existem vários tipos de Índigos, mas na lista a seguir nós podemos dar alguns dos padrões de comportamento mais comuns:

• Elas vêm ao mundo com um sentimento de realeza e freqüentemente agem desta forma.

• Elas têm um sentimento de "desejar estar aqui" e ficam surpresas quando os outros não compartilham isso.

• Auto-valorização não é uma grande característica. Elas freqüentemente contam aos pais quem elas são.

• Elas têm dificuldades com autoridade absoluta sem explicações e escolha.

• Elas simplesmente não farão certas coisas; por exemplo, esperarem quietas é difícil para elas.

• Elas se tornam frustradas com sistemas ritualmente orientados e que não necessitam de pensamento criativo.

• Elas freqüentemente encontram uma melhor maneira de fazer as coisas, tanto em casa como na escola, o que as fazem parecer como questionadores de sistema (inconformistas com qualquer sistema).

• Elas parecem anti-sociais a menos que estejam com outras do mesmo tipo. Se não existem outras crianças com o nível de consciência semelhante em volta, elas freqüentemente se tornam introvertidas, sentindo-se como se ninguém as entendesse. A escola é freqüentemente difícil para elas do ponto de vista social.

• Elas não responderão à pressão por culpa do tipo: "Espere até seu pai chegar e descobrir o que você fez".

• Elas não são tímidas em fazer você perceber o que elas precisam.O termo "Crianças Índigo" vem da cor da aura dessas crianças. Existe uma amiga dos autores, que conheceram em meados dos anos 70, cujo nome é Nancy Ann Tappe. Nancy foi a autora do livro chamado "Entendendo Sua Vida Através da Cor" (Understanding Your Life Through Color). Neste livro estão as primeiras informações sobre o que ela titulou de Crianças Índigo.

 

 

 

Como ela vê as cores? Quão preciso é isso? Nancy tem sido diagnosticada com uma situação em que dois dos seus sistemas neurológicos cruzam e isso cria uma situação em que ela, literalmente, pode ver a aura humana. Ela é como uma câmera de Kirlian, ou seja, ela vê campos eletromagnéticos, as cores e as freqüências. Ela é uma pessoa fabulosa, uma maravilhosa conselheira, metafísica e professora.

Ela percebeu muito cedo que existia uma cor da aura associada com alguns recém-nascidos. Ela estava trabalhando no seu PhD. Nancy tem dito desde 1980 que cerca de 80% das crianças nascidas são índigo. E, a partir de 1995, nós temos um índice maior ainda, tanto que requer uma análise para saber o que está acontecendo.

Nós estamos vendo uma nova geração de Mestres vindo para nosso planeta e elas são também chamadas de "Crianças Estrela", "Crianças Azuis" e através do trabalho de Nancy, elas são chamadas, a partir de nossa perspectiva, de "Crianças Índigo". Elas são nossa esperança para o futuro. Elas são nossa esperança para o presente. E isso, esotericamente falando, é o que está realmente acontecendo.

 

 

Tipos de Crianças Índigo

Existem quatro tipos diferentes de Índigos e cada um tem uma proposta:

 

1. Humanista: Primeiro, existe o Índigo Humanista que vai trabalhar com as massas. Eles serão os futuros doutores, advogados, professores, vendedores, executivos e políticos. Vão servir as massas e são hiperativos. São extremamente sociais. Conversam com todo mundo e fazem amizade facilmente. São desastrados do ponto de vista motor e hiperativo, como dito anteriormente, e de vez em quando, eles vão dar com a cara nos muros, pois esquecem de pisar no freio. Eles não sabem brincar com apenas um brinquedo. Ao invés disso, trazem todos para fora e os espalham. Às vezes, não tocam na maioria destes. São do tipo que têm que ser permanentemente lembrados pois freqüentemente se esquecem das ordens simples e se distraem. Por exemplo, você pede para eles arrumarem o quarto. Eles começam a arrumar e de repente encontram um livro e começam a ler porque são leitores ferozes. Certa vez, eu estava em um vôo onde estava uma criança de cerca de 3 anos que estava aprontando. Sua mãe deu-lhe o panfleto de segurança do avião e ele o abriu todo com todas as figuras. Ele permaneceu sentado, muito sério como se estivesse lendo, muito sério e intenso na concentração. Ele estudou o folheto por uns cinco minutos e eu sabia que ele não poderia ler mas ele pensava qu’ele estava. Este é o típico Índigo Humanista.

 

2. Conceitual: Os Índigos Conceituais estão mais para projetos do que para pessoas. Serão os futuros engenheiros, arquitetos, projetistas, astronautas, pilotos e oficiais militares. Eles não são desajeitados, ao contrário, são bem atléticos como crianças. Eles têm um ar de controle e a pessoa que eles tentam controlar na maioria das vezes é a mãe se são meninos. As meninas tentam controlar os pais. Se eles são impedidos de fazer isso, existe um grande problema. Este tipo de Índigo tem tendência para outras inclinações, especialmente as drogas na puberdade. Os pais precisam observar bem o padrão de comportamento dessas crianças quando elas começarem a esconder ou a dizer coisas tais como, "Não chegue perto do meu quarto": é exatamente quando os pais precisam se aproximar mais.

 

3. Artista: Este tipo de Índigo é muito mais sensível e freqüentemente menor em tamanho, embora isso não seja uma regra geral. Eles são mais fortemente ligados às artes. Eles são criativos e serão os futuros professores e artistas. Em qualquer campo que eles se dediquem será sempre pelo lado criativo. Se eles entrarem na medicina, eles se tornarão cirurgiões ou pesquisadores. Quando eles entrarem nas artes, eles serão o ator dos atores. Entre 4 a 10 anos eles podem pegar até 15 diferentes artes criativas - fazer uma por cinco minutos e encostar. Portanto, se diz às mães de artistas e músicos, "Não compre instrumentos, mas alugue". O Índigo Artista pode trabalhar com até 5 instrumentos diferentes e então, quando eles entrarem na puberdade, escolherão um campo e se empenharão para se tornarem artistas nessa especialização.

 

4. Interdimensional: O Índigo Interdimensional é muito maior do que os demais Índigos, do ponto de vista d’estatura. Entre 1 e 2 anos d’idade você não pode dizer nada para eles. Eles dizem: "Eu já sei. Eu posso fazer isso. Deixe-me sozinho". Eles serão os que trarão novas filosofias e espiritualidade para o mundo. Podem ser mais valentões porque são muito maiores e também porque não se encaixam no padrão dos outros três tipos.Dicas para reconhecer os Índigos

Os autores listam as seguintes características para ajudar a identificar se sua criança é um Índigo:

 

• Tem alta sensibilidade

• Tem excessivo montante de energia

• Distrai-se facilmente ou tem baixo poder de concentração

• Requer emocionalmente estabilidade e segurança de adultos em volta dela

• Resiste à autoridade se não for democraticamente orientada

• Possui maneiras preferenciais no aprendizado, particularmente na leitura e matemática

• Podem se tornar frustrados facilmente porque têm grandes idéias, mas uma falta de recursos ou pessoas para assistirem pode comprometer o objetivo final

• Aprendem através do nível de explicação, resistindo à memorização mecânica ou serem simplesmente ouvintes.

• Não conseguem ficar quietas ou sentadas, a menos que estejam envolvidas em alguma coisa do seu interesse

• São muito compassivas; têm muitos medos tais como a morte e a perda dos amados

• Se elas experimentarem muito cedo decepção ou falha, podem desistir e desenvolver um bloqueio permanente.

 

Algumas Frases extraídas do Livro

"Se você está constantemente obtendo resistência de um Índigo, cheque você primeiro. Eles podem estar segurando um espelho para você ou estar pedindo, de uma forma inconformista, ajuda para descobrir novos limites, ajustamento fino nas suas habilidades ou talentos, ou ir para o próximo nível de crescimento."

"Índigos já nascem Mestres, todos sem exceção! Nós temos que entender que eles esperam que todos nós façamos os que eles fazem de forma natural e, se não fizermos, eles permanecerão pressionando nossos botões até que cumpramos nosso papel de forma correta. Ou seja, até que nos tornemos mestres de nossas próprias vidas. Portanto, quando meu filho fez suas coisas, ele ensinou a todos uma lição silenciosa, incluindo a mim mesmo."

"O termo Crianças Índigo refere-se aos emissários especiais enviado do Céu pelo Pai-Mãe-Criador, suportando um profundo intento."

"Muitas pessoas têm dificuldades no relacionamento com esses emissários porque eles aproximam-se com crenças pré-concebidas e regras que as crianças não compartilham."

 

"Crianças são tudo que elas precisam ser; elas são elas mesmas. Vamos deixá-las sozinhas para que elas possam ser exatamente o que elas são."

 

Problemas que os Índigos podem experimentar

Existem atributos positivos com as Crianças Índigo, mas existem também três complicações que o autor já testemunhou tanto profissionalmente como na vida particular:

 

 

• Elas demandam mais atenção e sentem que a vida é muito preciosa para deixar escapar. Elas querem que as coisas aconteçam e freqüentemente forçam situações para realizarem o desejado. Os pais facilmente caem em armadilhas de fazer para a criança ao invés de desempenhar um papel na modelagem ou no compartilhamento. Uma vez que aconteça os pais serão apenas fantoches.

 

 

• Estes emissários podem tornar-se emocionalmente irritados por pessoas que não entendam o fenômeno Índigo. Eles não podem compreender porque as pessoas operam em modalidades não baseadas no amor. Porém, elas são extremamente resistentes e hábeis para ajudar crianças carentes, embora esta ajuda seja freqüentemente rejeitada. Quando jovens, eles podem ter problemas de ajustamento com outras crianças.

• As Crianças Índigo são freqüentemente tituladas como tendo ADD (Attention Deficit Disorder) ou alguma forma de hiperatividade. Em muitos casos são tratados com química quando deveriam ser tratados de forma diferente.

 

 

 

 

 

O que podemos fazer?

Estas crianças estão aqui para nos ajudar na transformação do mundo. Portanto, nós precisamos aprender com elas, principalmente escutando-as e observando-as. Não obstante, estamos relacionando algumas regras básicas que precisamos observar para não tolhermos o brilho dessas crianças:

• Trate os Índigos com respeito. Honre sua existência na família.

• Ajude-os a criar suas próprias soluções disciplinadas.

• Dê a eles escolha em tudo.

• Nunca os diminua, nunca.

• Sempre explique o por quê de você dar instruções. Escute essas explicações por você mesmo. Não parece estúpida a expressão "porque eu disse que deve ser assim"? Se você concorda com a estupidez de expressões assim, então reconsidere suas instruções e as mude. Eles o respeitarão por isso e esperarão. Mas se você der a eles ordens autoritárias e ditatoriais sem bondade e razões sólidas, essas crianças o derrotarão. Elas simplesmente não vão obedecer e o que é pior, elas vão dar uma lista de motivos que desclassificam suas intenções. Algumas vezes suas razões podem ser simples, como por exemplo, "porque isso vai me ajudar hoje pois estou realmente cansado". A honestidade vencerá como nunca antes. Eles vão pensar sobre isso e acatarão.

• Faça deles um parceiro no relacionamento. Pense bastante sobre este aspecto.

• Quando crianças, explique tudo que você estiver fazendo para eles. Eles podem não entender, no entanto, eles perceberão sua consciência e honra por eles. Esta é uma tremenda dica antes deles aprenderem a falar.

• Se problemas sérios desenvolverem, teste-os antes de iniciar tratamento baseado em drogas.

 

• Provenha segurança no seu suporte a eles. Evite crítica negativa. Sempre deixe-os saber que você os apoiará em todos os momentos. Eles crescerão de encontro com suas verbalizações e irão surpreendê-lo durante o processo. Então, celebrem juntos. Não os faça simplesmente realizar, mas permita que eles façam com encorajamento.

• Não os diga quem eles são, ou o que eles vão ser no futuro. Eles sabem melhor que você. Deixe que eles decidam suas áreas de interesse. Não os force a entrar em algum ofício familiar ou em algum tipo de negócio porque isso é que a família vem desempenhando por gerações. Estas crianças absolutamente não serão seguidores.

Dicas no relacionamento com Índigos

 

 

• Os Índigos são abertos e honestos, isso não é uma vulnerabilidade mas a maior força. Se você não for aberto e honesto com eles, mesmo assim eles serão com você, no entanto, eles não o respeitarão.

• Marasmo pode trazer arrogância para os Índigos, portanto não os deixe cair no marasmo. Se eles agem de forma arrogante, isso significa que eles precisam de novos desafios e novos limites. Alimente seus cérebros mantendo-os ocupados da melhor forma possível.

 

• Pais, professores e orientadores devem estar aptos para definir e manter limites claros, ainda que suficientemente flexíveis para mudar e ajustar esses limites quando necessário, baseados no crescimento emocional e mental, pois os Índigos crescem rápido. Ser firme mas justo é necessário para a segurança deles e para nossa.

• A mensagem dada e transmitida pelos adultos deve ser mais prazerosa do que dolorosa, e mais baseada no amor do que no medo.

• Mantenha a criança informada e envolvida.

• Evite mal-entendidos simplesmente dando explicações.

• Não perca a paciência com sua criança.

 

 

• Evite dar ordem (verbos no imperativo). Ao invés de ordens verbais, utilize o toque para chamar a atenção deles. Eles são muito sensíveis ao tato (toque no ombro, aperto de mão, abraço, etc).

• Mantenha sua palavra.

• Negocie com cada situação.

• Não esconda nada e não use linguagem abusiva.

• Deixe sua emoção mostrar amor e não ódio.

• Se uma repreensão é dada, crie situações de dar um tempo ou folga.

• Discuta a situação geradora da repreensão após seu término.

• Depois de tudo, sempre reúna com a criança e reveja se houve um aprendizado e crescimento após a repreensão.

• Importante, lembre-se que punição não funcionará com essas crianças. Punição é diferente de repreensão. Punição é baseada na culpa enquanto que repreensão é baseada num crescimento ou melhoramento.Cuidados com os métodos educacionais nas escolas.

 

Na educação ou na escolha de escola devemos ter em mente que nós temos que ensinar as crianças como pensar e não o que pensar. Nossa regra não é passar o conhecimento, mas, ao invés, a sabedoria. Sabedoria é o conhecimento aplicado. Quando nós somente damos conhecimento para as crianças, nós estamos dizendo a elas o que pensar, o que elas supostamente devem saber e o que nós queremos que elas acreditem que seja verdade.

Quando nós damos às crianças sabedoria, no entanto, nós não dizemos a elas o que pensar ou o que é verdade. Ao invés disso, nós dizemos a elas como obter sua própria verdade. Naturalmente, nós não podemos ignorar o conhecimento quando ensinamos sabedoria, porque sem conhecimento não existe sabedoria. Um certo montante de conhecimento deve ser passado de uma geração para a próxima, mas nós devemos deixar as crianças descobrirem por elas mesmas. O conhecimento é freqüentemente perdido, mas a sabedoria nunca é esquecida.

Os velhos padrões de energia são baseados na crença fundamental que as crianças são vasos vazios que devem ser preenchidos com conhecimento pelos experts, os professores. Os professores usam técnicas de envergonhar e comparar os estudantes com a idéia que isso trará motivação. Nesta atmosfera, qualquer criança que não se encaixa neste modelo será considerada como tendo problema.

O problema com este sistema é que as crianças aprendem a encontrar suas necessidades por atenção e reconhecimento de uma forma negativa.

 

Aspectos Espirituais dos Índigos

Os novos meninos índigos, eu me refiro a eles como os Pequeninos, chegaram aqui para nos dar um novo entendimento da humanidade. Eles são presentes para os pais, para o planeta e para o universo. Quando honramos os Pequeninos como presentes, nós vemos a sabedoria divina que eles trazem para ajudar a crescer a vibração do Planeta Terra.

O passo mais importante para entender e comunicar com essas novas crianças é mudar nossa forma de pensar a respeito delas. Derrubando nossos paradigmas para honrar os Pequeninos como presentes ao invés de problemas, você abrirá as portas para entender a sabedoria deles e a sua própria. Os Pequeninos honrarão seu intento e um caminho para o entendimento aparecerá.

 

O crescente uso de medicações psicotrópicas reflete nosso desconforto mundial com a mudança. Nós estamos no limiar de deixar o velho mundo, baseado em competição, ciúme e inveja, e entrar numa nova era fundamentada em cooperação, amor e conhecimento de nossa unicidade. A velha energia está deixando caminho para a nova energia.

As crianças que recentemente estão encarnando são diferentes das gerações anteriores. Elas são chamadas de "Crianças da Luz", "Crianças do Milênio" e "Crianças Índigo" por uma boa razão. Estas crianças são altamente conscientes, sensíveis e com psíquico perfeito. Elas também têm tolerância zero para desonestidade e falta de autenticidade. Elas sabem quando alguém está mentindo instantaneamente. Imagine quão difícil é para estas crianças estarem em um sistema educacional que tem muita falta de autenticidade, tais como: "Vamos fingir que nós gostamos de estar aqui. Não vamos discutir quão infelizes nós todos somos para sermos forçados a vir a este lugar para aprender/ensinar coisas que não temos certeza da aplicação prática em nossa vida real". Em casa, os adultos freqüentemente tratam suas crianças com desonestidade. Por exemplo, os pais escondem coisas dos seus filhos. Essas intuitivas crianças sabem quando alguma coisa está errada. Elas perguntam ao Pai ou a Mãe para confirmação destes sentimentos. Se os pais negam a verdade, isso pode conduzir essas crianças à frustração. Elas não sabem como conciliar a disparidade entre o que elas sentem por dentro (verdade) com o que os adultos dizem (inverdade).

 

As Crianças Índigo encarnaram neste tempo por uma razão muito sagrada: para introduzir uma nova sociedade baseada em honestidade, cooperação e amor. Quando elas atingirem a fase adulta, nosso mundo será vastamente diferente do que é hoje. Nós não mais teremos violência e competição. Nós recordaremos da nossa habilidade para manifestar nossas necessidades, portanto não haverá necessidade de competir com os outros. Desde que nossas habilidades telepáticas naturais serão restabelecidas, mentir será impossível. E porque todo mundo perceberá a unicidade que existe entre todos os seres viventes, a solicitude será a base da sociedade. Nós incorremos em um grande débito de karma se interferimos na missão divina dessas crianças. Será extremamente importante que ajudemos a conduzir essas crianças para o sucesso espiritual. Para fazer isso, precisamos ser muito honestos com elas. Quando uma criança perguntar-lhe alguma coisa, mesmo que isso o faça sentir desconfortável, diga a eles a verdade. Eu freqüentemente rezo pedindo sabedoria para falar com minhas próprias crianças, para que possa falar a verdade de uma maneira amável. Se você se sente desconfortável ao falar a verdade para sua criança, deixe que ela saiba disso. Você não precisa virar confidente, mas é importante honestamente compartilhar seus sentimentos com ela. Dessa maneira, você se tornará uma modelador positivo que mostra às crianças como honrar suas emoções.

 

Nós estamos aprendendo da metafísica e suas fontes que estas novas crianças vindas para o planeta são de longe mais conscientes espiritualmente. Isto não significa que todos os Índigos vão crescer no ministério e como gigantes espirituais. Isso realmente significa que eles chegaram com um diferente nível de consciência, maior do que o nosso. De acordo com a maioria das fontes espirituais, estas crianças não somente estavam sendo esperadas mas elas são prova de uma evolução da consciência humana, além da velha energia das gerações anteriores. Elas são pacificadoras, almas velhas e sábias e uma suprema esperança de coisas melhores neste planeta. Elas estão interessadas em fazer as coisas cheias de paz em casa entre os pais. Elas importam de longe além das normas esperadas para as crianças e estão transbordando sabedoria que nos faz ficar sem fala. Seus instintos humanitários vêm já prontos e mostram as características delas desde o início. Elas são portanto um novo passo evolucionário na humanidade.

 

Questões relacionadas à Saúde

Existem duas disfunções claramente associadas aos Índigos: ADD (Attention Deficit Disorder) Desordem de Déficit de Atenção e ADHD (Attention Deficit Hyperactive Disorder) Desordem Hiperativa de Déficit de Atenção. Os Índigos são freqüente e erroneamente diagnosticados como ADHD ou ADD porque se recusam a obedecer. Quando assistimos ao filme de Clint Eastwood, nós aplaudimos a rebeldia dele. No entanto, quando o mesmo espírito está evidente nas crianças, nós damos drogas a elas (Ritalin é a droga mundialmente usada).

Diante disso, é importante enfatizar os seguintes pontos:

1. Nem todos os Índigos são ADD ou ADHD.

2. Nem todas as crianças com ADD ou ADHD são Índigos.

Algumas pesquisas, como a encontrada em [mediconsult.com], estimam que existem de 3 a 5 milhões de crianças ADHD. Se adicionarmos aquelas com deficiência de aprendizado, o quadro pode chegar a 10 milhões de crianças ou mais. Sendo assim, a entidade NIMH (National Institute of Mental Health) - Instituto Nacional de Saúde Mental dos Estados Unidos, passou a considerar ADHD como uma prioridade nacional com liberação de muita verba para pesquisa. Entre várias pesquisas, destacaremos a chamada CRP:

 

Polaridade Reversa Crônica (CRP)

 

Keith R. Smith descobriu a polaridade reversa crônica (CRP) como um remédio para a síndrome da fadiga crônica há anos atrás por acidente. Desde então, ele tem percebido que muitos dos sintomas de ADHD em crianças são idênticos ao CRP em adultos. Quando ele começou a testar crianças com ADHD suas suspeitas foram confirmadas. Quase todas as crianças com ADHD que estiveram em seu consultório apresentaram polaridade reversa crônica. Uma vez que ele adicionou remédio herbáceo para esta condição como pré-requisito para um plano nutricional, coisas maravilhosas começaram a acontecer para as crianças. Elas começaram a responder ao tratamento e melhoraram. A maioria delas se tornaram "boas".

 

Todo sistema e processo no corpo físico é baseado em eletricidade. Em nossos processos mentais, o sistema imunológico e o coração são todos parte de um vasto sistema que utiliza eletricidade. O corpo humano é um sistema elétrico que se auto-contém e se auto-gera. A qualquer momento em que a eletricidade está em operação, campos magnéticos são criados, sendo que campos magnéticos possuem polaridade: isto é, possuem pólo norte e pólo sul. Se você submeter um ímã ao stress, ele reverterá a polaridade, ou seja, em essência, os pólos norte e sul serão trocados.

Desde que o corpo humano é baseado em eletricidade e tem um campo magnético sutil, certas condições tais como stress poderão reverter os pólos como num ímã. Isso pode ser temporário e é tratado como tal por vários profissionais de medicina alternativa/holística. Na prática, ele descobriu que a polaridade reversa pode durar muito e pode ser difícil de curar sem um entendimento perfeito de uma variedade de condições.

 

Ele foi levado a descobrir que a polaridade reversa freqüentemente se torna crônica e parece ser o maior fator na causa de: síndrome da fadiga crônica, depressão, ansiedade, doenças do sistema imunológico, câncer, ADHD e muitas outras disfunções que não parecem se curar com tratamentos padrões. Sintomas variados criam confusão de como tratar o problema, que geralmente passa desapercebido, até o aparecimento de um sintoma mais pronunciado.

 

 

 

O Sistema Elétrico do Corpo

A condição de polaridade reversa enfraquece a força elétrica do corpo. Stress prolongado é a maior causa disso. Como a carga elétrica do corpo enfraquece, sintomas ocorrem como sinais de aviso. Se a carga do corpo cair abaixo de 42 hertz, o sistema imunológico não pode resistir a doenças. Nos estágios iniciais de CRP, os sinais de aviso do corpo podem incluir dor nas costas, músculos rígidos, ou dor de cabeça; se nós não dermos atenção a estes sintomas e não pararmos para recarregar nossa força elétrica, os sintomas podem piorar para fadiga extrema, depressão, ansiedade, enxaqueca, dormência e dor crônica em áreas fracas.

 

Com a polaridade revertida, o sistema de auto-preservação torna-se inativo. Os sinais elétricos usuais para o sistema imunológico parecem destruir ao invés de proteger.

Alguns principais sintomas de CRP tem um paralelo exato com os sintomas de ADHD; por exemplo, memória recente fraca e problema de concentração.

 

De acordo com diagnóstico da Associação de Psiquiatria Americana, o diagnóstico de ADD e ADHD requer 9 sintomas de falta de atenção e 9 de hiperatividade/impulsividade, que podem desenvolver antes dos 7 anos e persistir por no mínimo 6 meses e que sejam suficientemente severos para interferir nas atividades sociais e escolares normais:

 

Falta de Atenção

1. Prestam pouca atenção aos detalhes e cometem erros sem se importarem

2. Têm dificuldades de prestar atenção

3. Não escutam as pessoas

4. Não possuem continuidade nas tarefas sem terminá-las

5. Têm dificuldades de organização

6. Evitam atividades com um substancial esforço mental ou concentração

7. Freqüentemente perdem coisas necessárias na escola e em outras atividades diárias

8. Ficam distraídos facilmente

9. Freqüentemente se esquecem de atividades rotineiras.

 

Hiperatividade/Impulsividade

1. Freqüentemente irrequietos e retorcendo

2. Freqüentemente abandonam o assento quando deveriam permanecer assentados

3. Sempre correndo e subindo em lugares impróprios

4. Têm dificuldades em se encaixar em jogos mais moderados ou em outras atividades

5. Estão sempre em movimento como se tivessem um motor

6. Falam demais

7. Soltam respostas prematuramente

8. Têm dificuldades em aguardar a vez

9. Freqüentemente interrompem e atrapalham os outros.

 

Segundo Keith R. Smith, a polaridade reversa crônica é contagiosa, não causada por germes mas pela proximidade. Se você colocar uma bateria carregada próxima a uma descarregada, a bateria carregada perderá carga. Da mesma forma, crianças circundadas por pais estressados (CRP), ou no útero de tais mães, podem ter sua polaridade revertida inconscientemente pelos pais. Isso freqüentemente ocorre antes do nascimento e continuam à medida que a criança desenvolve sem intervenção para quebrar o ciclo. Ele prevê que pesquisadores vão provar que isso cria desequilíbrio químico no cérebro e desordem nervosa desencadeando os sintomas já mencionados.

 

Resumo

Na pesquisa sobre as Crianças Índigo, alguma coisa se tornou quase aparente para nós: mesmo embora estas crianças formem um grupo relativamente novo, sua sabedoria sem idade está nos mostrando um nova e mais amável maneira de estar, não só com elas mas com cada um de nós.

(Traduzido, adaptado e gentilmente cedido por Dailton Menezes, junho 2001.)

 

Alguns Links para o Assunto

 

http://www.kryon.com

http://www.indigochild.com

"Through the Eyes of a Child" - conjunto de 2 fitas de video de Drunvalo Melchizedek (somente em inglês). Ou, se você for aluno da FOL/Brasil e morar em São Paulo, consulte-nos para se associar e poder acessar o arquivo de vídeos de nossa videoteca. HTTP://WWW.CAMINHOSDELUZ.ORG/A-252.HTM

http://www.caminhosdeluz.org/A-251.htm

Celso J.S.Nogueira -

 

 

 

 

 

 

6

 

 

 

 

TDA, Hiperatividade nas Crianças Cristais

 

Informação básica para pais de Crianças Indigo/Cristal

Na interacção e no cuidar da vossa criança Índigo/Cristal precisam de ter em mente que a vossa criança é muito diferente de vocês. O que funcionou com vocês em crianças não irá funcionar para elas.

As principais áreas a que terão de ajustarem-se são:

•1. A criança Índigo/Cristal é um ser com Orientação Cerebral Direita.

•2. A criança Índigo/Cristal é Super Sensível ao stress ambiental.

•3. A criança Índigo/Cristal é sensível à comida e irá desenvolver frequentemente Alergias Alimentares.

O que é que isto significa para vocês?

1. ORIENTAÇÃO CEREBRAL DIREITA

As crianças Indigo e Cristal operam primariamente a partir do Cérebro Direito. Isto significa que são criativos, imaginativos e emocionalmente inteligentes. Contudo, a nossa cultura é primariamente orientada pelo cérebro esquerdo, o que significa que é linear, racional e lógica.

As dificuldades surgem quando a criança entra para o sistema escolar e precisa de adaptar-se ao seu modo de funcionamento. Um “cérebro-à-direita” aprende muito depressa e muitas vezes dá pulos intuitivos que demonstram uma inteligência estonteante. Mas o sistema escolar é conduzido por um funcionamento cerebral esquerdino o qual é repetitivo, rotineiro, organizado e linear/cumulativo. Esta abordagem “mais lenta” significa que a criança começa a sentir-se aborrecida muito depressa e perde o interesse. Geralmente depois começa a procurar outros meios para estimular o seu interesse. Isto leva a que muitas Crianças Índigo sejam etiquetadas como tendo Transtorno de Défice de Atenção (TDA) ou/e Hiperactividade (TDAH) e são muitas vezes medicadas com Ritalina, quando de facto não existe nada de errado com elas a não ser aborrecimento.

Por causa da sua inteligência intuitiva, elas também podem muitas vezes ir passando os vários anos do sistema escolar sem que se apercebam que não conseguem ler ou escrever “correctamente”. Isto leva a que muitas vezes a criança seja etiquetada como disléxica, outro estigma.

Isto é muito danificante porque a vossa Criança Indigo tem um sentido forte de ser “perfeita”, e está aqui numa “missão”. Se lhe é dito que é disfuncional ou que “há alguma coisa de errado com ela”, vai ficar traumatizada e, ou procurar a cura, ou disfarçar essa mágoa. Isto pode levar, nos anos da adolescencia, ao abuso de drogas ou a distúrbios alimentares, como meios de cura ou de esconder o trauma.

É vital e importante que a Criança Índigo ou Cristal seja reconhecida como diferente mas não disfuncional. Se a diferença for honrada e manejada, a criança irá crescer de um modo equilibrado, mas se não, irá levar à disfunção e a problemas.

2. SENSIBILIDADE AO STRESS AMBIENTAL

A vossa criança é também muito mais sensível do que o que vocês foram ou são. É a audição, a visão, e os sentidos que são muito mais desenvolvidos que os vossos. Isto faz parte da mudança evolucionária, à medida que os humanos se tornam mais abertos e sensíveis.

O que isto significa é que a vossa criança vai ficar stressada e perturbada por sons altos, por multidões, música aos berros e pela televisão. A sua resposta pode tanto ser fechar-se e deprimir-se, como permitir os estímulos e tornar-se hiperactiva e destrutiva.

Sendo assim, a Criança Índigo/Cristal, precisa de um ambiente em casa tranquilo e calmo, com o mínimo de brinquedos, jogos electrónicos, e engenhocas, e certamente não usar a televisão como babysitter. Existe uma correlação quase directa entre a quantidade e tipo de TV que é absorvida e o comportamento da criança.

O stress ambiental também inclui a relação entre os pais. Se existir abertura ou agressão não expressa, verbal ou não verbal, no lar, a criança irá apanhá-la e desenvolverá mecanismos disfuncionais ou defensivos. Não conseguem esconder nada de uma Criança Índigo/Cristal, ela “lê” o vosso campo de energia e percebe exactamente aquilo que pensam e sentem mesmo que permaneça não dito.

ALERGIAS ALIMENTARES

O Corpo físico de uma Criança Indigo/Cristal também é muito sensível. Muitas vezes elas não conseguem tolerar comida processada e os seus aditivos. E também reagem mal ao açúcar e a cafeína..

Isto significa que os doces, as bebidas artificialmente coloridas tartes, hamburguers, e chocolates, irão criar um comportamento hiperactivo e disfuncional na criança. Dar um chocolate, ou uma Coca-Cola, a uma Criança Índigo/Cristal é, literalmente, o equivalente a dar-lhe uma droga. O seu sistema vai reagir tornando-se sobreactivo – produzindo um maior comportamento hiperactivo seguido por uma queda, quando os efeitos esgotarem-se, e a criança for abaixo e sofrer de uma retirada dos sintomas do açúcar e da cafeína.

 

Isto pode também, significar que um dieta “normal” não será tolerada por muitos Índigos. A galinha e a carne estão cheias de hormonas, antibióticos, e químicos, e a maior parte da comida embalada e processada, que se compra nos supermercados, também contêem químicos que podem não ser tolerados. Somando a isto, a criança pode ser intolerante ao trigo e a lacticínios, produzindo sintomas como eczemas, problemas digestivos, sinusite e desordens relacionadas com a garganta, ouvidos e nariz.

Linhas de Orientação para Lidar com estes Problemas

EDUCAÇÃO

A sua Criança Indigo/Cristal irá reagir bem a um sistema educacional que equilibre o cérebro direito e esquerdo e que inclua criatividade na forma de música, arte, dança, e teatro..

Provavelmente o melhor sistema para estas crianças é o Sistema Waldorf que maximiza inicialmente o elemento cerebral direito enquanto desenvolve o esquerdo como suporte. Foca também a integração da criança no seu corpo, uma vez que muitas crianças Indigo lidam com os seus traumas ao se tornar “aluada” ou escapando dos seus corpos.

Se a sua criança fizer um teste para identificar TDA ou TDAH, seja cauteloso em medicá-la com Ritalina, que é um medicamento (com efeitos secundários e sintomas de isolamento) usado para ajudar os pais e professores a lidarem em vez de simplesmente a assistirem. Existem alternativas dietéticas e homeopáticas menos prejudiciais e mais efectivas.

STRESS AMBIENTAL

Nos primeiros anos de vida da criança tentar minimizar os barulho e o stress. Isto significa diminuir as actividades “violentas”, os jogos electrónicos, e a televisão.

Incentivar a brincadeira, a imaginação, livros e leitura destes, colorir desenhos, e histórias.

Basicamente, criar, o mais possível, um ambiente calmo e tranquilo.

COMIDA

Esta é a mais difícil de monitorizar, já que o consumo conveniente e a pressão dos colegas significam que a criança vai ser exposta à sedução da “comida de plástico”.

Tentem focarem-se em alternativas naturais, orgânicas e saudáveis.

Se a criança sofrer de mudanças de humor ou alergias pode haver a necessidade de identificarem o problema alimentar e criar um plano mais equilibrado nutricionalmente.

 

 

 

7

Despertar das crianças cristal

 

........Tornando-se Cristalino

Por Steve Rother e o Grupo.

O Grupo foi pioneiro na identificação e designação das Crianças de Vibração cristal numa canalização ocorrida em Maio de 1997. Foram apresentados os seus atributos e foi dito: “se vocês conseguirem tornar o planeta num local seguro para os acolher, eles virão” Em Novembro de 1998, o Grupo desenvolveu o tema das Crianças Cristal numa canalização ao vivo em Sudbury, Ontário. Esta informação surgiu, posteriormente, num capítulo sob o título: “As Crianças de Vibração Cristal”, no nosso primeiro livro: “Re-member- a handbook for human evolution”, publicado em Outubro de 2000. Nessa ocasião, o Grupo forneceu mais alguns pormenores sobre estas crianças, afirmando que elas entrariam no planeta muito em breve. Devo dizer que quando o Grupo se referiu pela primeira vez às Crianças Cristal, eu interpretei como se fossem as Crianças Índigo. Todavia, fui rapidamente elucidado, ao dizerem-me que estas crianças teriam novos atributos e constituíram um grupo de identificação diferente. Acrescentaram que as Crianças Cristal só seriam designadas como tal no início. A partir do momento em que a maioria das crianças apresentassem tais características, simplesmente chamar-lhes-emos “crianças”.

Lee Carol e Jan Tober são os autores dos livros sobre Crianças Índigo, para além de serem pessoas maravilhosas e meus amigos pessoais. Por isso, pude trocar impressões com eles sobre este aspecto – tanto ele como Jan disseram que as Crianças Cristal são um subgrupo das Crianças Índigo, ao passo que o Grupo diz que são nitidamente diferentes. A palavra “Índigo” surgiu através de Nancy Tappe que vê, de uma forma muito peculiar, campos de energia. Esta palavra foi, então, usada para designar todas as novas crianças que estão a encarnar na Terra, incluindo as Cristal, as Psíquicas, etc. Esta aparente discrepância causou alguma confusão nas pessoas, como comprovam os inúmeros e-mails que recebemos regularmente. Num acontecimento desta natureza, há um ponto fulcral: os rótulos não são, de facto, importantes, pois a questão de fundo não é um problema de designação ou de semântica, mas sim as crianças e a forma como podemos tornar este planeta um local mais seguro para o desenvolvimento gradual da raça humana. Portanto, entendam: se nos depararmos com pontos de vista aparentemente opostos ou diferentes definições nos anos subsequentes, isso não é, de todo, um facto pertinente.

Muitos autores chegarão com mais informações sobre estas novas crianças, por isso não nos deixemos enlear na rede de competição espiritual. Principalmente, não nos esqueçamos que existem muitas crianças no Planeta que não são nem Índigo, nem Cristal, donde que orientarmo-nos por rótulos, só poderá desencadear injustiças várias.

Esperemos que a informação fornecida em seguida ajude a perceber que aquilo o que Grupo disse está muito à frente na evolução da humanidade – oferece-mo-la com amor.

do Grupo

Saudações de Casa

 

Muitos de vocês sentiram a recente mudança de energia. Tal como uma lufada de ar fresco, a energia foi restabelecida recentemente. Podem, agora, sentir um alívio no ar, quando se preparam para avançar na vossa caminhada. Esta mudança energética continuará e estará concluída no início do ano vindouro. Trata-se de um passo evolucional para a integração da energia Cristal. Será que alguma vez se interrogaram sobre o vosso interesse por cristais? Não é por acaso que eles têm vindo a comunicar energeticamente convosco há centenas de anos. Mais: a vossa própria evolução está a transformar a vossa biologia em algo cristalino. É por essa razão que os cristais exercem uma atracção sobre vós De facto, deixem que vos digamos que tudo aquilo que designam por natureza, bem como todas as coisas sobre a Terra, se encontram no processo de transmutação cristalina. Vocês começam a dar-se conta dessas mudanças, ao descobrir que a maior parte da Terra é de natureza cristalina. Vocês são, praticamente, seres de base carbónica. Contudo, dir-lhe-emos que a base dos átomos de carbono são apenas uma pequena mutação de um átomo de sílica, que é o elemento do cristal. Inclusivamente, as vossas tabelas periódicas mostram que a diferença entre os dois é mínima. O efeito da pressão terrestre sobre o carbono está na base da evolução do elemento dos cristais que conhecem como diamantes. Da nossa perspectiva, estamos observando como vocês e tudo o que vos rodeia se vai transformando em belos diamantes. Sentimo-nos honrados por sermos uma pequena parte desse processo.

História da Informação

 

Em breve, verão os efeitos da Vibração das Crianças Cristal, como emissários que trazem consigo novos atributos: os mesmos que os destacam agora. O processo de Iluminação permitir-vos-á elevar os vossos corpos vibracionais até aos mais altos atributos das Crianças Cristal. Este processo estender-se-á pelos próximos 50 anos, ou mais, e ajudar-vos-á a transportar mais matéria cristalina para a vossa biologia. A luz interage com os cristais de uma forma peculiar, por isso, vocês adoram observar a dança da luz que perpassa as faces de um diamante. É precisamente essa interacção com a luz na vossa forma cristalina que elevará os atributos da humanidade na terra. Vocês estão expectantes face a este desenvolvimento.

Há vários anos que vos presenteámos com informação sobre o regresso da Vibração das Crianças Cristal. Aí a humanidade estava só no início do seu movimento em direcção à elevação das suas capacidades. Na mensagem inicial, falámos do retorno das Crianças Cristal, trazendo consigo uma nova vibração que se assemelharia a capacidades mágicas, comparadas com os actuais atributos dos humanos. Nessa altura, descrevemos estas crianças como sendo o próximo degrau na evolução humana, a qual incluiria uma importante ligação entre as bolhas físicas da biologia em que os vossos corpos habitam e o derradeiro retorno ao que vocês designam por “corpo de luz”. As Crianças Cristal têm dois atributos básicos. O primeiro é que são altamente poderosas, com capacidades que vocês reconhecerão como sendo mágicas. A segunda é que são extremamente vulneráveis (frágeis), apresentando uma sensibilidade excepcional a energias de baixa vibração.

Para desânimo daqueles de entre vocês que buscam pormenores, descrevemos os seus atributos de forma vaga. Este laconismo foi intencional, uma vez que antevimos um potencial problema associado à introdução desta informação. Uma das características humanas de baixa vibração com a qual vocês frequentemente se debatem é a da competição espiritual. E, dado que, a competição espiritual é um conceito de baixa vibração baseado na ilusão da polaridade, pode tornar-se num desafio para a Vibração das Crianças Cristal, no momento em que entrarem no planeta. Portanto, limitámo-nos, no início, a lançar sementes. Agora, no entanto, a necessidade de informação acerca da vossa própria evolução sobrepõe-se a qualquer potencial desafio. Os últimos meses trouxeram uma nova transformação energética a toda a humanidade e os atributos das Crianças Cristal necessitam, agora, de uma redefinição.

Atributos Cristalinos

 

 

Capacidades Psicocinéticas

As Crianças de Vibração Cristal têm capacidades de comunicação a vários níveis. Não só sabem ler os vossos pensamentos, como ainda, e mais importante, conseguem ver dentro dos vossos corações. Quando elas aumentarem em número no planeta, vocês verão uma comunicação imediata entre elas. O seu próprio entendimento da energia e a forma como reflectem a luz do seu ser interior dar-lhes-á capacidades psicocinéticas. Conseguirão mover objectos através da mente. Mais, terão a capacidade de reestruturar a matéria através do pensamento em pouco ou nenhum dispêndio de tempo. Para nós, isto é bastante divertido, dado que há bem pouco tempo vocês inventaram histórias para o vosso entretenimento sobre seres do espaço dotados de poderes mentais que tomariam conta do vosso planeta. Agora aperceber-se-ão de que isso é realmente verdade, só que, afinal, eles serão as vossas crianças…

Potenciais Desafios

Tal como mencionámos, as Crianças de Vibração Cristal têm uma estrutura cristalina que lhes permite transportar mais luz no interior do seu ser físico. É esta estrutura cristalina que os leva a reflectir aquelas coisas para as quais não têm referência. Sendo tão poderosas como são, não só reflectem as energias para as quais não possuem referência, como também, durante esse processo, amplificam essa mesma energia. Dentro de pouco mais de 150 anos, estes atributos serão considerados lugares-comuns, contudo os primeiros a trazê-los na sua forma física podem experienciar desafios consideráveis.

 

Autismo ou Cristal?

Deixem-nos apresentar alguns dos desafios imediatos com os quais estes seres de alta vibração se poderão confrontar. Tendo por base um sistema cristal, os seus corpos serão soltos e etéricos. Isto é o que vocês reconhecerão como hipersensibilidade, ou seja, o segundo atributo que anteriormente descrevemos como de extrema vulnerabilidade (ou fragilidade). Uma vez dominada essa vulnerabilidade, ela permitir-lhes-á viajar entre dimensões. Em última instância, alcançarão a capacidade de se moverem interdimensionalmente, aquilo que habitualmente designam por viagens no tempo. Todavia, aqueles que actualmente entram no planeta ainda com pequenas quantidades de energia cristal poderão encontrar-se na circunstância de, inconscientemente, serem empurrados para outras dimensões. Pode, por exemplo, acontecer aquilo a que geralmente chamam de autismo. Estas são, na verdade, Crianças Cristal que foram empurradas para outras dimensões e não foram capazes de recuperar. Estes seres gentis são extremamente sensíveis ao ambiente que os rodeia e aos estímulos exteriores que não estejam de acordo ou em harmonia com a elevada vibração que eles sustentam. Isto confere-lhes uma aparência frágil, quando, na realidade, são seres humanos poderosos e evoluídos. Pedimos-lhes que comecem a observar e a questionar todos os estímulos exteriores, inclusive aqueles que têm vindo a ser usados para promover a saúde.

Hipersensibilidade Vibracional

Vocês também vão descobrir que as Crianças de Vibração Cristal são sensíveis a todos os estímulos vibracionais. A vibração a todos os níveis, quer seja a do som, da cor, do campo electromagnético do meio envolvente, da poluição do ambiente pode ter efeitos perturbadores nas Crianças Cristal. A sua hipersensibilidade à vibração pode ser sentida a vários níveis, incluindo o magnético, electromagnético, ambiental, aromático, sonoro, cromático e muitas outras formas de energia vibracional. Estas crianças são hipersensíveis ao ambiente que as rodeia e são particularmente vulneráveis a todo tipo de poluição. Hoje, mesmo, vocês estão a descobrir que certas combinações de cores têm um estranho efeito sobre as Crianças Cristal. Dizemos-lhes que mesmo aquilo que vocês referiram como “côres múltiplas” foi uma tentativa inconsciente de controlar estes estímulos a fim de baixar os níveis vibracionais. As Crianças Cristal são precisamente ultra sensíveis a estes níveis inferiores de vibração.

Uma das formas de vibração energética com a qual as Crianças Cristal estão a ter dificuldades é a electricidade. A Electricidade é uma forma de energia que ocorre naturalmente na natureza, contudo a vossa adaptação à mesma, particularmente ao uso que fazem da corrente alterna, levará algum tempo de reajuste por parte das Crianças Cristal. É engraçado como este tipo de electricidade foi na realidade desenvolvida por alguém que transportava consigo uma enorme quantidade de energia Cristal (Nicolai Tesla). As Crianças Cristal têm de aprender a adaptar-se a esta forma de vibração energética. Entretanto, se elas contactarem com um aparelho eléctrico quando estiverem descentradas, zangadas ou confusas, será altamente provável que não só devolvam essa energia, como também a amplifiquem, ao fazer a ressonância. Isto provocará, efectivamente, a paragem de muitos aparelhos eléctricos de uso comum. Com a prática, as Crianças Cristal adaptar-se-ão a estas ondas energéticas produzidas pelo homem. Até lá, a vidinha caseira pode parecer bastante interessa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Ligação Cristalina à Terra

A terra, como ente sensível, também está a passar por uma transformação rumo à forma cristalina. Vocês descobriram recentemente a natureza cristalina da água. O que partilhamos convosco, agora, é que essa não é tão só uma descoberta recente: é, antes, um passo adiante na evolução. Os reajustes na rede magnética do planeta estão quase completos. O trabalho de Kryon na preparação da rede magnética do planeta estará completo dentro de alguns meses. Isto facilitará à Terra ressoar numa frequência mais alta, bem como ajudará os humanos a suster o seu poder nas suas formas físicas. Além disso, permitirá às Crianças Cristal tomar os seus lugares. Este evento cósmico, por si só, ancorará a energia e abrirá a porta para que a vibração das Crianças Cristal dê o próximo passo rumo à evolução humana.

 

Empatia Emocional

A área de maior reajuste das Crianças Cristal é a da sua hipersensibilidade às reacções humanas. Um pouco à semelhança da ausência de referencia para a emoção da culpa nas Crianças Índigo, vocês verão que a vibração das Crianças Cristal não tem qualquer referencia para a emoção humana do medo. O medo foi uma emoção muito importante para os humanos nos primórdios da sua evolução. Juntamente com o ego, ela ajudou a assegurar a vossa sobrevivência. O medo serviu-vos bem. Todavia, a sua utilidade chegou ao fim. A emoção do medo é predominante nos corações humanos. Esta é razão por que vocês estão a enfrentar tantos medos colectivos neste momento da vossa história. Até aquilo que vocês vêem como sendo o terrorismo no vosso mundo é uma oportunidade para irem, colectivamente, além do medo.

 

Alérgicos ao Medo

Aqueles que vibram energia Cristal facilmente sentem o medo dentro dos corações daqueles que os rodeiam. O desafio chega quando eles sentem o medo dos outros e, inconscientemente, projectam-no de volta, na forma de emoções ampliadas. Isto causa estranhas reacções nos humanos de baixa vibração. Por esta razão, os de vibração cristal caminham na luz, optando por não invocar o medo. Quando este medo é projectado de volta, pode causar reacções nocivas a toda a humanidade, na medida em que faz emergir o que de pior o ser humano tem. Por este motivo, as primeiras Crianças Cristal vão, normalmente, optar por se esconder. Elas serão discretas e não irão facilmente mostrar as suas capacidades em público. À primeira vista, parecem meigas, dóceis e brandas, mas não interpretem isso como sendo desprovidas de poder. Os pais das Crianças Cristal procurarão escondê-las e mantê-las a salvo a todo o custo. Mas isso mudará à medida em que se libertarem da vossa necessidade de medo. Esta foi a mensagem original que vos passámos há muitos anos, quando vos falámos pela primeira vez destas crianças. Dissemos: “se conseguirem tornar esse planeta um local mais seguro, elas virão”. Vocês ouviram… elas estão a chegar agora.

Cristais Recém-Chegados, Cristais Adultos e Tu

O despertar da Vibração Cristal no interior das vossas bolhas físicas de biologia está a causar alterações em cada um de vós que precisam de alguma atenção. Ainda que as primeiras Crianças Cristal só entrem no vosso mundo dentro de alguns anos, há já algumas actualmente na Terra, contendo diferentes níveis de atributos Cristal. São almas corajosas que concordaram em ser pioneiras e testar as águas. Muitos de vocês sentir-se-ão imediatamente atraídos para trabalhar com elas, no sentido de descobrir as suas imensas potencialidades. No entanto, ainda há muito para fazer.

 

 

Os próximos anos trarão Cristais recém-chegados que irão encarnar tranquilamente e se tornarão adultos portadores de Vibração Cristal. Enquanto falamos das Crianças Cristal, muitos de vocês estão a reconhecer-se, agora, como sendo Cristais Adultos que têm vindo a manifestar estes atributos desde sempre. Aqueles que assim o escolherem, sairão dos seus esconderijos e partilharão as suas histórias com os outros. Além do mais, devido às recentes mudanças na energia que vocês sentiram, muitos começaram a desenvolver alguns destes atributos com os quais não estão muito familiarizados. Nós vemos isso como o despertar da Criança Cristal que existe dentro de cada um de vocês.. À medida em que estes adultos e crianças continuarem a entrar e a usar os seus poderes, irão despertar esses atributos em toda a humanidade.Vocês estão a tornar-se cristalinos..

 

 

 

fluxos de energia na Terra, neste momento, estão a preparar-vos para futuras conexões à vibração cristal. Nos dias subsequentes, muitos de vocês notarão uma espécie de claridade que não esperavam. Haverá mais tracções na polaridade que poderão parecer-se com separação, mais do que com unidade. Não temam, pois, e avancem com a certeza de que estão no caminho. Também terão a sensação de que toda a vossa fisiologia está a mudar rapidamente durante esse tempo, com alterações dos hábitos alimentares, padrões de sono e os gostos em geral. As vossas próprias conexões internas vão fortalecer-se, embora muitos tenham ainda de aprender a confiar nessa intuição. Os relacionamentos podem ser alargados ou restringidos. Alguns quebrar-se-ão sob a forte tensão, enquanto outros encontrarão novos níveis de comunicação e de amor. Aqueles que carregam raiva reprimida podem vê-la aflorar em momentos pouco apropriados. Durante os próximos meses, por favor, dêem a vocês próprios, e aos que estão em vosso redor, espaço para crescerem. Haverá momentos em que sentirão que o vosso mundo está virado do avesso, e outros em que sentirão que tudo está bem no mundo. Durante os momentos em que estão mais centrados, assumam, por favor, o papel do Anjo Humano e estendam a vossa mão firme aos outros. Quando se sentirem descentrados, tenham a coragem de aceitar a mão de ajuda que se vos oferece. Vocês estão a tornar-se cristalinos e quando unem as mãos o processo torna-se mágico.

À medida que assistimos ao desabrochar da vossa evolução, a alegria e entusiasmo deste lado do véu é indescritível. Vocês estão a criar um Lar do vosso lado do véu. Não há palavras para descrever o amor que sentimos por vocês. Vocês não entendem a magnificência de quem realmente são... Pedimos-lhes simplesmente que o sintam dentro de vocês e que detenham essa verdade. Isso levar-vos-á a Casa de novo. É com a maior honra que vos pedimos que se tratem com o maior respeito, promovam-se uns aos outros e joguem limpo entre vocês.

Pedido Especial

Copyright 2002 Steve Rother

 

Este informação pode ser disseminada em parte ou em completo desde que não se pague pela informação e este aviso seja anexado. Quando estiverem a usar uma cópia parcial deste material, por favor claramente mencionem que esta é uma cópia limitada e façam referência à versão completa original (em inglês) em http://www. Lightworker.com/beacons/. Publicações são encorajadas a reimprimirem. Permissão não é necessária mas pedimos que sejamos notificados emPub@Lightworker.com Pode ser encontrada mais informação do Steve Rother e do Grupo em www.Lightworker.com ou através do (858) 748 5837. Obrigado por espalharem a Luz!

 

 

 

8

 

 

O Contrato entre Pais e Filhos

 

Antes de uma alma encarnar na Terra ela seleciona um local e a família que preencherá as suas necessidades espirituais de crescimento e evolução. Vocês podem estar certos que as vossas crianças os selecionaram por uma razão que as conduzirá ao crescimento delas assim como também ao vosso, pois estes contratos de alma são sempre de natureza mútua.

Os pais se responsabilizam por criar a alma que chega a seu corpo jovem assim como protegê-la e dar-lhe tudo o que necessita para sobreviver no plano material. Os pais também se responsabilizam por ajudar no desenvolvimento de quaisquer habilidades e talentos que possam fazer parte da missão espiritual da criança neste planeta.

 

A criança, por sua vez, responsabiliza-se em ajudar os pais a elevarem a sua consciência através da convivência com uma alma de vibração superior e de mais profunda sabedoria. Este é o caminho natural da evolução, onde a alma da criança está sempre numa espiral superior de evolução e podendo, portanto, auxiliar os pais a também evoluírem. Mas os pais necessitam estar conscientes desta dádiva. Tantos pais adormecidos vêem suas crianças como seres vulneráveis, que necessitam ser controladas e moldadas, que são incapazes de ver a sabedoria e a dádiva que vem com cada criança.

 

Na futura Nova Terra, cada criança que nascer será reconhecida por sua sabedoria como alma. E os pais estarão conscientes de seu contrato com a criança, e buscarão cumpri-lo juntamente com suas obrigações materiais para o bem estar físico da criança.

 

Criança Índigo

 

Os pais que aceitam apoiar e criar uma criança da vibração Índigo concordaram em ser os zeladores de uma alma que traz uma nova forma de energia para o Planeta.

Crianças Índigo são almas pioneiras e seus pais acordaram em juntarem-se a eles para serem os pioneiros de novas formas de vida familiar e comunitária.

A missão da alma da criança é questionar e desafiar velhas formas e criar o caminho para a manifestação de novas formas. Uma criança Índigo é também sensível, amorosa, talentosa e intuitiva. Os pais responsabilizam-se em encontrar formas de estimular esta sensível e bela energia e ajudar no desenvolvimento dos dons e talentos da criança até ao ponto que puderem.

 

A criança, por sua vez, se compromete a ser a instrutora de novos caminhos. Mas para fazer isto precisa desafiar e questionar os velhos caminhos. A criança Índigo faz isto de duas maneiras. Primeiramente, ele ou ela questiona ou desafia todos os sistemas de crenças e “regras” que vocês ou qualquer outra pessoa tente impor a elas. Desta forma elas lhes mostrarão o que funciona para elas e o que não, e dependerá de vocês, como pais, ouvirem e aprenderem,e não tentarem impor a vossa vontade a elas.

 

O segundo método de ensinamento é a criança prover um “espelho” para os pais. A criança aceita os padrões disfuncionais que os pais estão a fazer prevalecer nas suas vidas. Estes padrões têm geralmente a ver com a baixa auto-estima e a não aceitação do eu. É por isto que tantos Índigos entram em padrões auto-destrutivos de abuso de drogas e promiscuidade sexual. Eles estão refletindo de volta à suas famílias e comunidades os padrões auto-destrutivos que eles aprenderam.

 

É também por isto que muitos pais de Indigos lutam com os padrões de comportamento aparentemente destrutivos dos adolescentes Índigos. Os pais precisam compreender que necessitam examinar os seus próprios padrões destrutivos e começar a vivenciar padrões mais amorosos e revigorantes que auxiliem a si e à suas crianças. Quantos pais preenchem suas mentes e corpos com pensamentos e substâncias tóxicas e gastam seu tempo com trabalhos que não gostam, anulando os seus verdadeiros sentimentos? A vossa criança Índigo o alertará disto e será o vosso guia para libertá-los destas formas de ser aprendidas e herdadas. Elas vos ajudarão a despertarem para quem e o que vocês são e para o que vocês são capazes quando são verdadeiros consigo mesmos.

 

Crianças Cristal

A criança da vibração Cristal traz um tipo diferente de contrato com os pais. Pode-se dizer que onde as Índigo são a equipe de demolição, as Cristal são os construtores. É por isto que Índigos e Cristais encarnam com tanta freqüência na mesma família. Isto permite que sejam removidas as velhas estruturas e as novas sejam construídas.

Mas uma criança Cristal é um ser de vibração muito alta e a missão de sua alma inclui trabalhar na Rede Planetária Cristal e manter a energia para facilitar a mudança global. Assim sendo, o contrato com a criança Cristal é ainda mais desafiador para os pais que precisam compreender que esta pequena criança é também uma alma sábia e poderosa cujo trabalho se estende além dos estreitos perímetros da família.

 

É por isto que as crianças Cristal estão frequentemente estressadas e superenergizadas. Elas estão trabalhando com as energias daqueles à sua volta, não apenas ao nível familiar, mas também ao amplo nível comunitário. O desafio é dos pais em compreenderem a natureza do trabalho do ser e alma da criança Cristal e tentarem apoiá-los de acordo.

 

Em retorno, a criança Cristal auxiliará no crescimento espiritual dos pais. A criança Cristal é capaz de “atrair” para a vida dos pais as pessoas e eventos que os pais necessitam para seu desenvolvimento. Isto é porque a consciência da criança Cristal frequentemente se estende de forma muito ampla e pode localizar e atrair aqueles seres que poderão ser mais benéficos naquele momento para a família. Portanto, pais de

crianças Cristal frequentemente se encontram numa trilha de acelerado crescimento e desenvolvimento que é a dádiva de sua criança.

 

O crescimento espiritual irá auxiliar mais frequentemente a criar um nível superior de consciência dentro da família e também a criar novas formas de interação familiar e respeito. O ensinamento mais poderoso aqui é o da “Igualdade do ser”. A criança Cristal presenteia a família com energias poderosas, amorosas e criativas. É o “equivalente” dos pais e precisa ser tratada com exatamente o mesmo amor, respeito e honra.

 

No futuro, as crianças serão consideradas como iguais e com “direitos” iguais na família e não apenas como dependentes. As crianças serão consultadas nos assuntos familiares que as afete e lhes serão dadas opções e escolhas. Este é o ensinamento delas e seu contrato com vocês, como pais – honra, respeito, apoio e amor, que é mutuo e mutuamente benéfico.

 

Arcanjo Miguel através de Célia Fenn

http://www.starchild.co.za/portuguese/channel14por.html#two

 

 

9

 

Guerreiros do coração : A maneira do pacificador Cristal

 

Por Celia Fenn

 

Parte Um

 

•Como reconhecer uma Criança Cristal

•Criança Cristal e a sua Encarnação Fisica

•As suas Habilidades Especiais

•Alguns Problemas Deparados pelos Pais da Criança Cristal

•Uma História Cristal

Parte Dois

•A missão da Criança Cristal

•Educar uma Criança Cristal: O Processo Consciente de Educar

•Diferentes Tipos de Criança Cristal

•As suas Dádivas a nós: Agora e no Futuro

 

Crianças Cristais representam o próximo passo na evolução humana. Elas seguem as Crianças Indigo. A sua missão é completar o trabalho começado pelas Indigos. Tal como as Crianças Indigo são "Detonadores de Sistemas" e vêm para desmantelar e remover maneiras velhas e limitadas de pensar, as crianças Cristais vêm para começar o processo de renovação e reconstrução.

 

A Missão Primária de uma Criança Cristal é ensinar as maneiras de Vida Multi-Dimensional - em Harmonia, Paz e Amor. Eles vieram para nos ensinar como viver Vidas Emancipadas (de Reconhecimento de Plenos Poderes). Elas vieram nos ajudar a ligarmo-nos novamente com as energias Femininas Divinas. Elas representam o caminho futuro da Raça Humana.

E uma das dádivas mais mágicas delas para nós é que elas estão a servir como catalisadores para a nossa evolução. Várias Crianças e Adultos Indigo estão a fazer a transição para o estado Cristal com a ajuda da "elevação" energética que as Crianças Cristais fornecem pela mera presença deles na Terra neste momento. Elas estão, juntas com as Crianças Indigo, a ajudar a "movimentar energeticamente" o processo de Ascensão do Planeta Terra.

Como Reconhecer uma Criança Cristal

 

 

Crianças Cristais são primariamente reconhecidas pelas suas auras, que são geralmente claras como cristal, mas também podem ter tons de dourado, azul-indigo e cor púrpura (magenta), dependendo da sua afiliação de Raio. Crianças Cristais nascem com acesso ao seu Eu Multi-Dimensional, e estão geralmente ancoradas na Sexta Dimensão, com a habilidade de se abrirem para a Nona Dimensão da completa Consciência de Cristo, quando o planeta estiver pronto. Isto provavelmente irá acontecer à volta de 2012 quando a primeira "geração" de Cristais atinge os 12 anos.

 

É importante perceber que a Criança Cristal é uma Criança "Cristica", em que o seu objectivo é incarnar e segurar a Energia de Cristo, para que os humanos possam ascender a esse nivel como um grupo. Crianças Cristais começaram a vir para o planeta em numeros pequenos aproximadamente em 1998, quando os primeiros "pioneiros" chegaram. Elas começaram em vir em numeros avultados em 2000. À medida que mais e mais delas chegam, elas "seguram a energia" para que mais almas cristais possam incarnar.

 

 

As Crianças Cristais nascem quase sempre num lar em que elas são bastante desejadas pelos pais, e sabem que serão honradas e amadas. Elas são frequentemente crianças de pais Indigo e irão frequentemente incarnar depois de um irmão ou irmã Indigo. O irmão ou irmã serve para segurar a energia e "educar" os pais em maneiras de educar as Crianças Novas.

A Criança Cristal e a sua Incarnação Fisica

Existem algumas caracteristicas bastante definidas que as Crianças Cristais têm quando incarnam. Elas são geralmente bebés grandes e frequentemente têm cabeças que são proporcionalmente grandes de mais para os seus corpos.

Elas têm frequentemente olhos grandes e penetrantes, e fitam as pessoas nos olhos por longos periodos. Isto pode ser bastante perturbante para os adultos que não estão acostumados a serem "lidos" por um infante. O que a criança está a fazer é aceder aos seus registros akáshicos ou da alma e a ler quem tu és. Isto é um comportamento bastante normal para elas, e elas ficarão perfeitamente contentes se tu fizeres-lhe o mesmo de volta. É a maneira Cristal de comunicar, a de olhar para a alma de outro ser e ler ou sentir quem eles são. É uma coisa que todos nós aprenderemos no futuro.

 

Emocionalmente, elas são geralmente bebés muito bons e calmos, e formarão um laço muito intenso com as mães delas. Este laço intenso pode durar até que elas tenham quatro ou cinco e pode ser visto como comportamento de se pegarem à mãe. Esta é geralmente a primeira incarnação delas neste planeta, e elas precisam da reafirmação e estabilidade que a presença fisica da mãe pode fornecer. Elas também são crianças extremamente amáveis e frequentemente procurarão ajudar e curar tanto humanos como animais em sofrimento.

Também são extremamente sensiveis. A Criança Cristal não só é capaz de ler o registro da alma de uma pessoa, mas também "apanhar" e sentir todas as tensões e raivas não resolvidas que a pessoas pode estar a carregar no subconsciente. É por isso que Crianças Cristais são tão sensiveis ao seus meio ambientes. Elas também podem ser bastante sensiveis à comida e podem desenvolver alergias de comida. Educar uma Criança Cristal pode ser um verdadeiro desafio. Frequentemente os assuntos não resolvidos dos pais são sentidos pela criança, que será afectada negativamente por estas emoções tóxicas. Pais de Crianças Cristais têm de estar dispostos a trabalhar nos seus assuntos/problemas de maneira a dar um lar estável à sua criança.

 

 

 

 

Mas talvez a caracteristica pessoal mais fora de série das Crianças Cristais é o seu poder. Elas têm poder "a sair dos poros". Elas são educadoras(es) de Emancipação e são Mestres Poderosos por seu próprio direito. Elas podem neste momento incarnar em corpos pequenos, mas elas têm as energias poderosas de um Mestre da Sexta Dimensão. É por isso que é essencial que os pais aprendão a respeitá-los e a negociar com eles. Senão esta poderosa energia será usada em lutas por poder que o pai/mãe ou educador(a) nunca irá ganhar.

Crianças Cristais também não têm compreensão ou entendimento real de medo. Elas sabem que estão sempre seguras e podem exasperar um pai/mãe ou educador(a) com comportamento que parece arriscado e tolo. Frequentemente elas precisam de meigamente ser mostradas porque é que os pais consideram certos comportamentos "inseguros" para a criança. Porque a experiência fisica é tão nova para elas, elas frequentamente não percebem as limitações do corpo fisico, e fazem tolices como saltar de janelas de segundo andares, se não forem explicadas as consequências desses actos.

 

As suas Habilidades Especiais

Crianças Cristais têm várias "dádivas especiais" que derivam das suas habilidades multi-dimensionais. Elas têm a habilidade como mencionado anteriormente de ler os campos de energia das pessoas. Elas também têm a habilidade de comunicar telepaticamente, tanto umas com as outras como com os pais.

Crianças Cristais são bastante "ligadas" ao seu grupo de consciência par. Elas apoiam-se e assistem-se umas às outras nos planos subtis. Isto também é verdade, de certa medida, sobre as crianças Indigo mas é muito mais pronunciado nas Cristais. Porque elas nascem com consciência completa do chakra do coração, elas são capazes de se ligar ao grupo de consciência par e "canalizar" informação. É por isso que elas ás vezes não falam até que tenham quatro ou cinco anos. Elas não precisam de fala porque recebem informação de outras maneiras. É somente quanto começam a socializar fora de casa que começam a perceber a razão de falar verbalmente com aqueles que não são telepáticos.

 

 

Muitas Crianças Cristais também nascem com outras habilidades Psiquicas, abrangendo desde telecinesia a ter a habilidade de ler um livro sem abrir a sua capa. É reportado que elas também são capazes de curar-se a elas próprias e efetuar mudanças fisicas nos seus corpos usando o poder da mente. No entanto, estes tipos de dádivas não são a sua razão maior de incarnação. Tais habilidades psiquicas existem em todos os humanos, se nós apenas soubessemos como ter acesso a elas. As Crianças Cristais vão-nos ensinar. O que é importante para elas é que nos empossemos (reconheçamos os nossos plenos poderes) a nós próprios e aprendamos a aceder ao Chakra do Coração e que possamos agir de uma sabedoria de consciência unida e de amor.

 

 

 

Alguns dos Problemas Deparados pelos Pais das Crianças Cristais O aumento de Autismo entre crianças no planeta é um dos assuntos associados com a vinda das Crianças Cristal. Crianças autistas são, em termos metafisicos, crianças que não incarnaram por completo nos seus corpos, e escolheram permanecer a maior parte da sua energia nas dimensões mais elevadas. Elas têm por isso a maior parte da sua atenção virada para outras dimensões e não se dão bem no plano fisico. Geralmente é ansiedade e medo que causa a criança tomar uma decisão dessas. E como mais e mais almas gentis Cristais vêm incarnar no planeta, muitas delas são traumatisadas pelas energias da Terra e por isso procuram ficar principalmente nas Dimensões mais Elevadas.

 

Mas crianças autistas também são educadoras de amor. Eu trabalhei e observei várias crianças autistas e por trás dos comportamentos supostamente problemáticos, eu achei almas muito brilhantes e amáveis.

O problema do desenvolvimento de fala atrasado já foi discutido e explicado acima.

Muitos Cristais também sofrem de TDA (Transtorno do Déficit de Atenção) à medida que vão ficando mais velhas por causa que há tanta energia criativa de nivel elevado emanando pelos seus sistemas. A nossa cultura frequentemente não nos fornece com meios ou estimulação para tal criatividade e os pais podem ter dificuldade em focar esta energia em maneiras constructivas em vez de destructivas.

 

Crianças Cristais também podem ter explosões de furia e ser extremamente manipulativas. Isto é por causa de elas serem consideralvemente novas na manifstação fisica, e frequentemente sentem-se ameaçadas se a sua "criação de realidade" é contrariada por um adulto. A Criança Cristal é um Criador(a) Poderoso(a), e procurará criar uma realidade que é segura e confortável para ele ou ela. Se a realidade não for, a criança procurará mudá-la por qualquer maneira, incluindo ataques de furia, manipulação e outros truques.

Eu frequentemente tenho sido habilidosamente manobrada por Crianças Cristais no meu próprio quarto de terapia. Isto é porque elas imediatamente percebem que eu estou ali para as analisar de algum modo, e elas acham isso chato e desagradável. Por isso elas recusam-se a cooperar a fazer desenhos comigo (Os Indigos adoram desenhar e exibir a sua criatividade). Cristais, por outro lado, expressam a sua criatividade mais directamente. A sessão mais memorável que alguma vez tive com uma Criança Cristal começou comigo a pedir-lhe para fazer tarefas especificas, ela recusou. Ela estava chora-mingas e eu deixei-a fazer o que ela queria. Ela examinou os meus cristais todos, e acabámos no chão a brincar ao "snap" com as cartas do Tarot. O meu quarto parecia que tinha sido revirado por um turbilhão, mas ela divertiu-se e não queria ir para casa nessa altura. Eu fiquei espantada e a pensar o que tinha acabado de acontecer. Eu tinha acabado de ser puxada para a criação de uma Criança Cristal - muito mais o jogo de brincar do que a análise séria.

Algumas Crianças Cristais também parecem ter problemas com coordenação e "estarem nos seus corpos". Para muitas, é a primeira experiência de estarem num corpo, e podem precisar de ajuda a negociar os mecanismos da incarnação fisica. Pais podem ter de ajudá-los com Terapia Ocupacional e de Brincadeira, ou com classes de Criatividade e movimento de corpo como arte e dança.

 

 

 

Uma História Cristal

A Angela é uma Criança Cristal com seis anos. Ela foi uma das Cristais iniciais a incarnar no planeta, e é uma alma muito corajosa. Uma pioneira da nova Consciência.

 

 

A mãe dela trouxe-ma para vê-la porque ela estava a ter dificuldades com a hiperactividade da Angela e a incapacidade de ajustar-se ao regima da escola. Apesar de ser uma criança altamente inteligente que podia ler antes de ir para a escola. A mãe da Angela, a Linda, tinha-a mudado de escola para escola porque ela estava infeliz.

A Angela tinha escolhido bem a mãe dela. A Linda gere um infantário, e é uma mãe preocupada e afectuosa. Ela é inflexivel em que nunca irá por a sua filha em Retalina ou quais quer outras drogas, e procura constantemente os melhores cuidados naturais de saude e terapias para a sua filha.

 

 

 

Mas a história da vida da Angela é interessante, e demonstra os desafios enfrentados pelas Crianças Cristais e os seus pais. Ela nasceu tarde, às 38 semanas, e teve de ser induzida. Ela era uma bebé com cólicas mas alem disso era normal. No entanto, quando a Angela tinha dez meses a mãe foi parar ao hospital por cinco dias e teve de ter uma pequena cirurgia. No quarto dia, a Angela, que estava em casa com uma assistente domiciliária, teve uma ataque apopléctico. Foi diagnosticada com epilepsia, mas todos os EEGs dela têm sido normais. Depois disso ela teve por média um ataque apoplético grande por semana embora de vez em quando pudesse ter três por dia.

 

Parece que a Angela estava bastante ligada à mãe, e a sobrecarga de dor ou de energia eléctrica que a Linda passou no hospital foi transmitido para a Angela e isso "explodiu" o sistema dela. A sobrecarga de energia manifestou-se como um ataque apoplético. E uma vez que ela já tinha ficado sobre-excitada desta maneira, a energia continuou a derramar.

A Angela eventualmente ultrapassou os ataques apopléticos, mas teve outro aos seis anos, quando teve de fazer uma operação para tirar as amígdalas. De novo a energia da dor foi grande de mais para o sistema dela. Ela tem refilado de dores de cabeça e de zumbidos na cabeça desde a operação, que parece ser uma indicação que ela é capaz de "ouvir" as energias a passar por ela.

A Linda fez uma ecografia ao cérebro para ter a certeza que não havia problemas sérios com as dores de cabeça persistente da Angela. A ecografia foi normal, mas mostra que o crânio da Angela é relativamente grande demais, e há um espaço entre o cérebro e crânio. É obviamente um passo de evolução que a espécie fornece ou para ter mais capacidade de cerébro ou para um crânio maior para "carregar" as energias mais pesadas e maiores dos corpos subtis num ser multi-dimensional.

 

Eu sugeri à Linda que as dores de cabeça da Angela podiam ser por causa da dieta dela. Ela tem uma tendência para comer "comida de plástico". Cristais têm um sistema digestivo muito sensivel, e a sobrecarga de toxinas no figado da Angela pode muito bem estar a produzir as persistentes dores de cabeça de "desintoxicação".

Alguns dos comportamentos da Angela tocam nas raias de autismo. Ela gosta de balouçar-se de lado para lado e de girar, e está sempre activa e sente dificuldade em concentrar-se. Como ela me disse, há sempre demasiada energia no corpo dela. Mas ela não é autista, é apenas uma criança afectuosa, maravilhosa e bastante inteligente.

É também muito mandona e manipulativa. Mas como eu expliquei anteriormente, as Crianças Cristais usam estes comportamentos de modo a ter a certeza que os seus exercisios de "criação de realidade" têm sucesso.

A maior parte das pessoas que conhecem a Angela, acham-na doce, afectuosa, inteligente e amorosa mas é exaustante passar tempo com ela. Constantemente a pedir atenção e estimulação. En sinto que quando ela amadurecer irá "acalmar" e será capaz de explorar com mais profundidade quem ela é e a contribuição dela para o planeta. E estou confiante que a mãe afectuosa dela lhe fornecerá a segurança e estabilidade que ela precisa.

 

 

PARTE DOIS

A MISSÃO DA CRIANÇA CRISTAL

 

A missão primária de todas as Crianças Cristais é avançar a evolução humana pelo processo de ascensão. Elas estão aqui para nos acordar e para nos mostrar como viver de uma maneira completamente nova e diferente. Só por chegarem em números significantes e segurarem a energia Cristal, elas estão a facilitar uma mudança nas energias planetárias.

Mas também estão aqui para ensinar técnicas de Vida Multi-Dimensional e de Emancipação (Reconhecimento de Plenos Poderes).

A Criança Cristal está confortável em se mover entre as diferentes dimensões ou fases de realidade. Não estão nada limitadas ao mundo da terceira dimensão, embora tenham corpos e funcionem na realidade da terceira dimensão. Elas estão essencialmente sintonizadas para a sexta dimensão, e elas seguram e trazem essa energia ao planeta.

É uma energia MAIS LENTA do que é costume na nossa realidade. As Crianças Cristais só ficam hiperactivas quando não são capazes de gerir o fluxo das energias superiores. No geral, quanto maior a nossa energia em termos de frequência, quanto mais lento e sereno uma pessoa fica. Isto é a chave integral para gerir a energia de frequência superior. De perceber que não há razão para andarmos apressados a tentar controlar a nossa realidade por acções externas no mundo material. O ser multi-dimensional sabe que a realidade se manipula de niveis mais altos pelos processos de INTENÇÃO e MANIFESTAÇÃO mas sempre em alinhamento com a Vontade Superior. Por isso as Crianças Cristais quase que nos forçarão a abrandar e começar a fluir energia como eles fazem. Para perceber que há bastante tempo para explorar, criar e ter experiências, e que não temos que fazer nada neste momento, excepto deixar que a corrente das energias superiores dirigem-nos para areas novas e diferentes de experiência. E que iniciar uma intenção é suficiente para dirigir esta corrente de energia a canais que serão divertidos e gratificantes.

 

EMANCIPAÇÃO OU RECONHECIMENTO DE PLENOS PODERES é uma parte necessária de viver multi-dimensionalmente. Crianças Cristais SABEM que nunca têm de ser vitimas, ou de entrar em dramas em que elas têm de tomar o papel de vitima. Elas sabem como se emancipar a si próprias pelos poderes de CO-CREAÇÃO e MANIFESTAÇÃO. Mas elas esperam que os seus pais saibam isso tambem. E se os pais não co-criam com amor e respeito haverá problemas. Afortunadamente, a maior parte das Crianças Cristais escolheram pais, geralmente Indigos, que são sábios o suficiente para perceber estes princípios.

E o princípio fundamental por trás desta maneira de viver é CONSCIÊNCIA DE UNIFICAÇÃO As Cristais percebem esta unidade. Elas vivem-na. Elas sentem as energias das outras pessoas cada vez que saem porta fora. Elas apanham ansiedade e stress que não é delas. Elas "sentem" as toxinas no ambiente e na comida. E elas também assegurarão que criemos um mundo mais limpo e harmonioso que será mais confortável para todos nós.

Educar uma Criança Cristal: o Processo de Educação Consciente

Crianças Cristais exigem ser educadas de maneiras diferentes do padrão normal de educação.

Primeiro elas procuram estar involvidas no processo todo de Incarnação/Gravidez desde a concepção, se não antes. Elas comunicarão frequentemente como os seus futuros pais, fazendo certos pedidos. Na minha experiência, estes pedidos geralmente incluem coisas como deixar de fumar e ter padrões de viver mais saudáveis, porque a criança não pode incarnar num corpo maternal que é tóxico ao nivel fisico. Também pode haver pedidos para trabalhar na Criança Interior, para eliminar toxinas a niveis emocionais e mentais, antes que uma Criança Cristal de Frequência Superior se sinta segura para incarnar com um par de pais.

Crianças Cristais só virão se forem convidadas e desejadas. Quando eu trabalho com mães grávidas, eu asseguro sempre que nós damos as boas vindas à criança ao vir para o reino/domínio fisico e asseguramos-a de amor e educação, tanto nos processos de pre-nascimento como depois. Eu acho melhor ter uma sessão com a mãe uma vez por mês para assegurar que está tudo bem e transmitir algumas mensagens aos pais.

Crianças Cristais também exigem que os DOIS pais estejam involvidos na processo de educação. Eu tenho tido várias mensagens a pedir aos dois pais para se empossarem do processo de educação. Que os dois pais sejam parte da educação e que os dois pais sejam recursos financeiros. Isto quebra padrões de desempossamento aonde o pai é recurso financeiro mas emocionalmente ausente, e a mãe é educadora mas materialmente dependente ou desempossada. A Criança Cristal não quer tomar estes padrões. Antes, elas preferem padrões equilibrados e educação equilibrada.

 

Elas também querem que nós nos envolvemos mais em trajectos cerimoniais e de rituais. Neste momento alem de rituais pré-nascimento de "boas-vindas", nós também estamos envolvidos em fazer "Cerimónias de Designação" que inclui familia e amigos e tem como objectivo honrar o nome que a criança escolheu. E sim, as Crianças Cristais escolhem sempre os seus próprios nomes e transmitem isto aos seus pais de alguma maneira. Por isso pais só têm de estar à escuta para nomes em vez de escolhe-los! Ao modo que as Crianças Cristais crescem elas provavelmente tambem nos guiarão para outros rituais e cerimónias para o seu progresso durante a vida fisica.

 

Se quiser mais informação sobre o processo de Educação Consciente, como nós lhe chamamos, por favor visite o nosso website em www.starchild.co.za e leia a página chamada "O Diário do José e da Inês". O José e a Inês são um casal jovem que estão activamente a educar uma Criança Cristal, começando com contacto vários anos antes da concepção até ao nascimento do seu filho Gabriel nascido em Dezembro de 2003. O José escreve o Diário para partilharem as suas experiências de Educar esta Criança Cristal particular.

 

 

Diferentes Tipos de Crianças Cristais

Existem vários nomes dados a este grupo conhecido como "Crianças Cristais". Estes nomes geralmente se referem a diferentes tipos de Crianças Cristais.

Crianças Cristais são às vezes chamadas de 'Crianças Douradas". Isto é uma referência ao facto que elas tendem a encarnar no Raio Dourado de evolução Espiritual. Isto quer dizer que elas nascem com a sabedoria e a inteligência de uma alma avançada,e têm a habilidade de se tornarem o que nós anteriormente chamava-mos de um "avatar". Ou seja uma pessoa que mantem um estado avançado de consciência para o planeta. E com tantos avatares potenciais nós podemos ter a certeza que o planeta se moverá para niveis mais elevados a um passo acelerado.

Mas Cristais podem utilizar mais de um Raio ao mesmo tempo, e muitos delas encarnam com o Raio Magenta (de Cor Purpura). Estas são Artistas, Poetas, Musicos e Sensiveis. Estas estão primariamente aqui para voltar a ligar os humanos com as suas habilidades criativas. Elas nos ensinarão uma vez mais a dançar, a cantar, a criar musica e a celebrar a experiência de ser humanos multi-dimensionais.

 

Eu também encontrei Cristais, tanto crianças como adultos, que também utilizam Raios Indigo-Violeta e Azul-Verde. Estas parecem estar associadas em curar o planeta e ligar-se às dimensões angélicas superiores de consciência. Elas são educadoras e curadoras do planeta.

Claro, uma Cristal pode utilizar os quatro Raios todos ao mesmo tempo, e ser um artista, educador e curador.

 

Quando um ser Cristal evolveu o seu veiculo de consciência ao ponto em que utiliza os raios TODOS associados com a experiência Planetária da Terra, então podem ser chamados seres Cristal Arco-Iris.

Existe algumas crianças já a nascer com potencial de serem Cristais Arco-Iris. Mas até agora não conheço ninguem que utilize todos os Raios neste momento. Provavelmente não é possivel ainda, mas tal como a Consciência Completa de Cristo, é algo que nos iremos tornar como próximo passo de evolução.

 

As suas Dádivas a Nós: Agora e no Futuro

Enquanto nós tomamos conta e educamos as nossa Crianças Cristais, temos de estar conscientes da dádiva que nos trazem.

Elas são o futuro. Elas mostram-nos o que nos estamos a tornar. E a dádiva especial delas para nós é para nos dizer que nos podemos tornar assim AGORA, se escolher-mos deixar que as suas energias nos movam para o próximo degrau na escada da evolução.

Por estar a chegar em numeros significantes, elas estão a precipitar a transição de Indigo para Cristal, ou o Despertar Espiritual, de grandes numeros de humanos que já incarnaram no planeta. E não há limite de idade. Podes ter 10 ou 100, e ainda podes tomar vantagem da Onda de Energia Cristal. Mais e mais adultos estão a renascer no seu estado de Criança Cristal, e a tornar-se Adultos Cristais.

Isto pode ser um processo dificil, mas as Crianças Cristais agarram e suportam-nos a nivel energético, tal como nós somos pedidos para os agarrar e suportar a nivel fisico.

É uma troca de sabedoria. Elas trazem-nos sabedoria do futuro de modo a mostrar-nos o que nos estamos a tornar. Em troca elas pedem-nos para lhes dar o que eles precisam da sabedoria do passado de modo a estarem aqui no presente momento deste tempo terrestre.

É uma parceria. Uma relação em que o Futuro e o Passado unem-se no Momento Presente. E é neste ponto nexo que o milagre de Ascensão e Evolução está a acontecer. Nós estamos a criar uma Nova Terra e uma nova espécie de Anjo Humano neste casamento do Passado e Futuro.

Por isso, celebrem a vossa Criança Cristal ou Cristica como a portentora de uma dádiva maravilhosa - para vocês!

 

Traduzido por José Correia

 

 

 

 

10

O “Anjo Humano” Indigo Cristal

por Celia Fenn

 

 

As crianças Indigo e Cristal não apenas se comportam e pensam de forma diferente que seus predecessores, como são diferentes espiritualmente. Seus corpos subtis estão mais desenvolvidos e elas estão “conectadas” de forma diferente. Por representarem o próximo passo na evolução humana, carregam dentro de suas auras a semente de uma nova e importante energia que está nascendo em nosso planeta.

 

É bem conhecido pela ciência que cada ser humano possui muito mais capacidade cerebral e de ADN, que não é usado, e para o qual não consegue encontrar utilidade. Este ADN “extra” é chamado até de “lixo” ADN. No entanto, não é “lixo” ou capacidade “desperdiçada”, é um potencial inato do ser humano esperando ser activado.

 

Cada ser humano no planeta tem a capacidade inata de acordar para o seu pleno potencial. Em metafísica descrevemos esta capacidade como o Padrão (Modelo) do Anjo Humano. Os humanos foram programados originalmente para ter percepção total de sua essência divina e de suas origens angélicas. Contudo, como parte da exploração da densidade 3D, os humanos concordaram em ser “desconectados” desta consciência superior, por algum tempo. Isto resultou em parte do padrão ter sido “desligado” para permitir esta fase da evolução dentro da densidade.

 

Agora, contudo, a humanidade está pronta para se reconectar, havendo explorado a experiência completa dentro da densidade tri-dimensional. Estamos prontos para voltarmos “ao lar”, levando esta experiência ao nosso ser angelical. Estamos prontos para nos reconectarmos. As crianças Índigo e Cristal são a geração que vai estabelecer a ligação. Elas são a Ponte Arco-Írís. Elas nascem com seus padrões angelicais completamente “conectados” e prontos para serem usados!

 

Os Antigos e os Novos Padrões

O “antigo” padrão humano foi baseado no Sistema de 7 Chakras do Corpo Subtil Energético. Os Chakras levavam as cores como segue:

 

* Chakra da Coroa: Branco

* Chakra Frontal/Terceiro Olho: Índigo/Violeta

* Chakra Laríngeo: Azul

* Chakra Cardíaco: Verde/Rosa

* Chakra do Plexo Solar: Amarelo

* Chakra Esplênico ou Umbilical: Laranja

* Chakra Básico/Raiz: Vermelho

 

O novo padrão ou Padrão do Anjo Humano possui Treze Chakras e leva as ondas de cor do seguinte modo:

 

* • Coroa e Cabeça: Ouro e Prata

* Peito Superior Direito: Vermelho

* Peito Superior Esquerdo: Azul

* Coração e Abdomen: Violeta

* Braço e Mão Direita: Vermelho – Violeta

* Braço e Mão Esquerda: Azul – Violeta

* Órgãos Sexuais e Raíz: Vermelho – Laranja

* Quadril e Coxa Direita: Laranja : Orange

* Quadril e Coxa Esquerda: Verde

* Joelhos e Panturrilhas: Amarelo

* Pé e Tornozelo Direito: Laranja – Amarelo

* Pé e Tornozelo Esquerdo: Amarelo – Verde

* Estrela Terrestre: Azul - Verde

 

 

Assim é, pois! É por isto que eles são diferentes!

No novo padrão, a energia flui directamente pela espinha abaixo e depois acima e à volta, formando “asas” de energia, como um anjo. Isto significa que o novo “anjo humano” é auto-sustentável energeticamente, e carrega energia em uma vibração e velocidade superior. Por isso as crianças Indigo e Cristal teem mais energia e procuram expressá-la em diferentes maneiras.

 

Crianças Indigo anseiam vivenciar suas energias com movimento e criatividade, levando-as frequentemente a hiper-actividade e a diagnósticos de TDA (Transtorno do Déficit de Atenção). Não há nada errado com estas crianças, estão simplesmente expressando a energia que flui através delas nestes níveis (de velocidade).

 

Crianças Cristal, por outro lado, expressam a energia abrandando o físico e concentram-se nos aspectos espirituais e multidimensionais.

 

A Experiência do “Anjo Humano” Indigo

As crianças Indigo nasceram com seu padrão de 13 Chakras activado. Sua missão é serem destruidores de sistemas, assim sendo, sua energia está focada no mundo exterior.

 

Elas usam seu fluxo kundalini intensificado para sentir o mundo e mudar energias densas e cristalizadas. Estes anjos humanos precisam de sua hiper-energia para quebrar e mudar os velhos padrões e a densidade da experiência tridimensional humana.

 

A “raiva” típica do Indigo é uma expressão desta energia estando focada para quebrar velhos sistemas e eliminar velhas energias.

 

Crianças Indigo precisam de ser ajudadas a entender e equilibrar seus fluxos energéticos, e não a serem medicadas para a “normalidade” com drogas como Ritalin e Prozac. Este tipo de medicamento apenas “desassocia” os Índigos de seu padrão de “anjo humano” e os confina na velha experiência tridimensional.

 

A Experiência do “Anjo Humano” Cristal

Muitos Indigos estão agora mudando para o estado Cristal, já que o trabalho dos Indigos está amplamente completo. Eles estão-se a juntar aos Indigos.

 

O “Anjo Humano” Cristal está aqui para trazer a experiência do amor, da paz e da harmonia ao planeta e assim sendo, estes seres não necessitam do intenso foco externo do Índigo. Eles agora buscam equilibrar as energias superiores e inferiores do padrão.

 

A lentidão do desenvolvimento de muitas crianças Cristais é meramente uma expressão da necessidade de focar o seu kundalini de Anjo Humano entre a percepção humana de 3ª e 4ª dimensão, e os estados multidimensionais angelicais de percepção.

 

Os adultos que estão passando pelos programas de activação e ascensão estão aprendendo também a trabalhar com um tipo diferente de fluxo da kundalini que é muito mais poderoso e intenso, e a equilibrar suas energias entre os treze chakras.

 

Todos os humanos têm agora a escolha de activar os treze chakras do padrão de anjo humano. Esta é a dádiva dada pelas Crianças Indigo e Cristal às pessoas mais velhas.

 

Entendendo as Nossas Crianças

Ao ler este texto, entenda que as Novas Crianças são diferentes. Sua energia é mais refinada e mais intensa.

 

Elas são mais sensíveis e sentem mais profundamente. Elas entendem quem são e possuem consciência e percepção multidimensionais.

 

Devemos honrá-las por quem são e o que são, e parar de tentar forçá-las a conformarem-se a paradigmas obsoletos da vida tridimensional.

 

Celebrem o Novo Anjo Humano que pode ser seu/sua filho(a)!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

11

Educando com o Coração

Educando Crianças Indigo e Cristal: Educando com o Coração

por Celia Fenn

Educar uma criança Indigo ou Cristal é um previlégio especial nestes tempos de turbulência e mudança. Como um pai ou mãe, tu estás a contribuir para a fundação de novos padrões de educação de crianças no planeta. Estás a emparceirar com a tua criança para elevar a ressonância da relação entre pais/criança para o mais alto nível possível nestes tempos.

A criança Indigo ou Cristal veio ao planeta com a sua própria “missão”. Como um Indigo está aqui para desafiar formas e crenças existentes, e como um cristal está aqui para ensinar amor e o reconhecimento de plenos poderes. Vocês, como pais, são os parceiros nesta missão de ensinar e curar. Podem ajudar a vossa criança a realizar a sua missão começando por compreender o que é necessário de vocês. Como pais de um Indigo, podem esperar ser desafiados a cada esquina, mas tendo as técnicas para lidar com estes desafios vai-se criando uma relação mais fácil entre vocês e a vossa criança Indigo. Como pais de um criança Cristal, vão ter de lidar com uma força de vontade muito forte e lutas de poder frequentes. De novo, tendo as técnicas educativas para lidar com estes assuntos vai facilitar o crescimento e o desenvolvimento da vossa criança.

O Paradigma Velho de Educação

O Paradigma velho de educação simplesmente não trabalha com os Indigos e Cristais. E isto é esperado. Eles estão aqui para desafiar o paradigma velho e substitui-lo por um melhor. Por isso a maneira como vocês foram educados não irá trabalhar com eles. Vocês não podem repetir os vossos próprios padrões de educação – quer conscientemente ou subconscientemente. Como pais de uma Nova Criança, vocês teem de tornar-se conscientes do padrão particular de educação que escolheram.

O velho paradigma era baseado na sua maior parte em Poder e Medo. Os pais viam a criança como uma responsabilidade que tinha de ser assumida, e o cargo dos pais era ter a certeza que a criança era sustentada materialmente, educada e transformada em um adulto, tal como todos os outros adultos. A criança foi criada a temer castigos e a ver os pais, professores e outros adultos como figuras de poder. A criança foi ensinada por estas figuras de poder a aceitar as normas da sociedade, mesmo que estas fossem contra as suas inclinações naturais. Os pais e assistentes domiciliários viam o controlo da criança como o seu dever. Eles tinham então o direito a castigar a criança, até com violência, se esse controlo ( geralmente em forma de regras e proibições) fosse desafiado ou ignorado. O objectivo das regras e proibições era para assegurar que a criança “pertencia” ou conformava-se com a sociedade. Pais do Estilo Velho frequentemente dizem coisas como “Tu vais fazer isso porque eu digo que vais, e eu sou o teu pai/mãe”, ou “tu vais fazer isso porque é o que toda a gente faz”.

Os pais do Estilo Velho são Autoritários, e exigem obediencia e respeito baseado na autoridade investida nesta relação de criança/pais. Neste sistema de crença, os pais são tomados como “donos” da criança e teem o direito de exigir obediencia. Os pais acreditam saber mais e serem mais sábios, e por isso teem o direito de exigir certos padrões de comportamento e escolher a vida da “sua” criança.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Paradigma Novo de Educação

 

 

O paradigma novo de educação é baseado no Amor e é derivado do Centro do Coração. Neste novo paradigma, cada criança é vista como uma dádiva e previlégio. Educar é visto como uma experiência do coração, em que ao adulto é dada a tarefa de educar e assistir uma alma nova acabada de chegar ao Planeta. Esta tarefa é uma associação, em que os pais e criança partilham a aventura de criar uma experiência consciente de crescimento e aprendizagem dentro dos parâmetros educativos da relação.

Neste modelo de educação baseado no coração, a criança é vista pelo que é – uma alma altamente evoluida e desenvolvida. Esta alma Indigo ou Cristal tem a sua própria sabedoria para transmitir ao mundo, e o cargo dos pais é frequentemente o de ajudar essa criança a trazer a mensagem ao mundo. Para o fazer assim é necessário que a criança seja amada e educada, e encorajada a expressar ao máximo o que é que elas são e ser-lhes dada a oportunidade de desenvolverem o seu potencial total num ambiente afectuoso.

De maneira a ser este tipo de pais ou assistentes domiciliários, qualidades tais como Amor, Tolerância, Respeito e Aceitação Incondicional teem de fazer parte das técnicas básicas de educar e de vocação social. Os pais também precisam de aprender e perceber as técnicas de Negociação, Comunicação e Disciplina.

 

AMOR

 

 

Esta é A técnica de educação mais importante de todas elas. E a maior parte das pessoas imagina que “vem naturalmente”. Mas frequentemente, os pais reproduzem o seu próprio paradigma de educação já aprendido sem verdadeiramente pensarem se vem do coração ou não.

 

 

 

Efectivamente, vocês não podem respeitar e amar a vossa criança senão se amarem e respeitarem a vocês próprios. E tantos de nós crescemos com mensagens tais como “não és bom/boa o suficiente”, que criaram auto-estima baixo e dificuldades com amor próprio e auto-aceitação. Qualquer pessoa que trabalha com crianças vai ter de vigiar a maneira como os seus problemas não resolvidos de auto-aceitação possam ser projectados na criança. A criança depois pode ser vista como “mal comportada” ou “ingovernável” ou “fora de controlo”, ou qualquer número de rótulos de “não ser bom/boa o suficiente”.

Igualmente, as hostilidades e coléras não resolvidas de um pai ou mãe são frequentemente reflectidas de volta a estes pelo comportamento da criança. Frequentemente uma criança irritada e temperamental está a representar os sentimentos reprimidos do pai ou mãe.

É difícil criar uma criança Indigo ou Cristal a não ser que tenhas resolvidos os teus problemas e sejas capaz de te amar a ti próprio(a), de reconhecer os teus plenos poderes e de expressares o teu potencial total.

A tua Criança Indigo ou Cristal vai ser o/a teu/tua professor(a) principal, se de facto ainda não tiveres resolvido estes problemas.

VAIS aprender a reconhecer os teus plenos poderes e a dar-te valor – á medida que eles te ensinam as técnicas. Mas é muito mais fácil se já tens estas técnicas, assim educar a tua criança torna-se uma aventura partilhada de crescimento empossado.

 

ACEITAÇÃO INCONDICIONAL

Esta é frequentemente uma das coisas mais difíceisl para os pais. Frequentemente o orgulho dos pais exige que a criança viva á altura de certas expectativas ou que desempenhe certos cargos.

Mas as crianças Indigo ou Cristais teem o seu próprio ser definido e o seu próprio sentido de quem é que são. Isto é muito claro para eles. E ás vezes este sentido de quem eles são pode estar directamente oposto aos desejos e necessidades dos pais.

Quando isto acontece, requer um pai ou mãe muito especial para conseguir dizer:”Eu aceito-te pelo que és”, e “tu não tens de ser como eu.”

Um pai ou mãe inseguro pode tomar essa precisa diferença entre ele(a) e a criança como uma ameaça, e exigir que a criança se conforme. Mas os pais Novos permitem que a criança desabroche e seja o que é, até mesmo encorajando aspectos do ser da criança que podem ser estranhos à sua maneira própria de pensar ou ser, se é aí que estão os talentos da criança.

Os Novos pais também aceitam que á medida que uma criança cresce e passa pela adolescência e idade adulta, que pode escolher não seguir o caminho de carreira “seguro” e “responsável” que os pais podem desejar. O Indigo pode desejar ser criativo, ou de viagar pelo mundo e ver a vida, em vez de ir para o colégio e seguir um caminho de vida definido.

Os Novos Pais vão ter de perceber que os Indigos e Cristais veem a vida como uma criação contínua, aonde eles são livres para se “reconstruir “ sempre que lhes apetecer, à medida que seguem as suas paixões. Eles provavelmente não teem interesse nenhum em serem seguros e cautelosos, mas antes em serem apaixonados, creativos e divertidos.

Isto não quer dizer que eles não vão criar abundância. Frequentemente os adultos Indigo criam o mesmo nível de abundancia que os pais antes de eles terem trinta anos. Mas eles fazem-no com meios invulgares e criativos.

 

RESPEITO

Isto está intimamente ligado à aceitação incondicional. Se os pais podem aceitar quem e o que a criança é, então baseado nesta aceitação pode ser construido um respeito mutúo por cada um.

Este respeito mutuo é a fundação/base necessária em que a relação pais/criança será construida.

Muitos pais do Estilo Velho veem crianças como inexperientes e razoavelmente estúpidos até que possam ser ensinadas por adultos experientes e mais sábios. Os Novos Pais estão conscientes que a sua criança é um ser evoluido num corpo pequeno, e há uma troca mutua de ideais e experiências nesta relação. Os pais ensinam à criança/alma as técnicas de sobrevivência que precisa para a vida no planeta neste momento. A Criança ensina aos pais novas perspectivas sobre a vida vindo da sua ligação mais próxima com o mundo espiritual.

Este respeito mutúo significa que cada um de vocês vai permitir o outro ser o que é, sem necessidade de critica ou hostilidade se houver diferenças.

De facto, os Novos pais vão ver estas diferenças como algo para ser celebrado à medida que começamos a perceber a imensa diversidade e possibilidade inerente na vida humana que existe no planeta hoje.

 

TOLERÂNCIA

Este tópico está relacionado com os dois acima também. Se existe aceitação incondicional, amor e respeito mutuos no lar, então também ira existir tolerância pelas diferenças e necessidades diferentes de cada pessoa na familia.

Esta tolerância pode depois ser alargada à sociedade mais ampla fora de casa. Se ensinares à tua criança que te aceitas a ti próprio(a), e que as aceitas a elas, então é mais provável que elas transfiram este padrão para o contacto com crianças e pessoas diferentes que conhecem na escola e em situações sociais.

Esta tolerância por outros e aceitação de outros faz parte da missão das crianças Indigo e Cristais, e vai ajudar a criar um mundo aonde existe tolerância e aceitação de todos.

Os Novos pais vão mostrar à sua criança que eles podem relacionar-se com ”diferentes” pessoas, com respeito. E que eles podem honrar as diferenças e celebrar a diversidade, em vez de se sentirem ameaçadas e terem medo como muitos pais do estilo velho tinham.

A eficiência dos aspectos mencionados acima no Paradigma Novo de Educação, frequentemente encontra-se na habilidade dos pais de partilhar técnicas de vida com a criança. Isto é feito de maneira mais eficaz com as técnicas de Comunicação, Negociação e Disciplina.

 

COMUNICAÇÃO

Comunicação com a tua criança é um dos meios chave com que podes mostrar amor e respeito.

O acto de comunicar é um acto de receber e de dar. A pessoa que comunica está a dar e a partilhar ideias e a pessoa que ouve está a receber essas ideias. Os dois processos são “activos”, em que receber ou “ouvir” é também uma habilidade.

Como pais, deviam adiantar-se além de dar ordens e instruções que esperam que a vossa criança obedeça e receba sem duvidar. E acima de tudo nunca deviam perder a calma e gritar no processo de comunicar com a vossa criança.

O uso de cólera e de violência na comunicação apenas ensina a criança que para conseguir o que pretende tem de fazer mais barulho e ser o mais agressivo. De igual modo, castigos fisicos ensinam a criança que para obteres o que queres (obediencia), tens de ser agressivo e violento. Estes padrões de comunicação serão interiorizados e podem depois ser exteriorizados quando a criança interaje com crianças da mesma posição social. Crianças cristais especialmente, estão aqui para experimentar poder, e se, aprenderem de ti que violência é igual a poder, então elas vão representar isto. E frequentemente contra ti.

Então é muito melhor, ensinar a tua criança a comunicar eficientemente, mas com respeito. E aqui a chave é para os dois participantes OUVIREM o que o outro tem a dizer. E no acto de ouvir realmente receber e perceber o que o outro sente e precisa.

Comunica com a tua criança sobre os assuntos familiares que o/a afetam. Não assumas que só porque elas são pequenas que teem apenas de seguir o que queres. As crianças teem necessidades emocionais que deviam ser tomadas em consideração quando se tomam decisões que afetam toda a família.

 

NEGOCIAÇÃO

Negociação faz parte do processo de Comunicação. Se tu queres que a tua criança siga um certo caminho ou faça certas coisas, então vais ter de lhes explicar porque é que precisam que eles se comportem assim. Os Indigos e os Cristais não estão interessados em ordens autoritárias, mas eles ouvem se falares calmamente e negociares o que tu queres.

Se o que tu queres não os atrai particularmente, é possivel negociar uma recompensa para eles fazerem o que tu pedes. Sendo assim existe uma situação de “ganha/ganha”, aonde os dois participantes ganham alguma coisa que querem.

A técnica aqui não é manipulação, embora pais de Indigos espertos vão ter de estar alerta para que a sua criança não se torne manipulativa. Em vez disso, é chegar a um lugar de conforto mutuo, aonde os dois participantes estão de acordo e contentes com o que tem de ser feito. Por exemplo, se arrumar brinquedos é um problema, negocia com a criança que se todos os brinquedos forem arrumados todas as noites por uma semana, então no fim-de-semana, um divertimento pode ser oferecido. Se não, não há este divertimento. A maior parte das crianças aceitará uma proposta como esta, em vez de ter a mãe continuamente a gritar porque é que os brinquedos não estão arrumados (bem, porque as crianças Indigo e Cristais teem coisas mais importantes e imaginativas para fazer do que arrumar brinquedos).

 

DISCIPLINA

Embora esta tenha sido deixado para ultima, é geralmente o tópico mais emotivo nas minhas discussões com os pais. Se se dá ou não “dá tareias” como castigo, ou para impor fronteiras.

Eu acredito em não usar violência, sempre. Isto apenas ensina à criança que violência é um instrumento para obter o que tu queres.

No entanto, eu também acredito que o conceito de “disciplina” é pouco percebido na nossa sociedade. É equiparado a regras, regulamentos e castigos. Realmente, a palavra “disciplina” partilha a mesma raiz do que a palavra “discipulo”, e tem a ver com ensinar e aprender. E o/a professor(a) mais eficaz não é aquele que grita e é violento, a não ser que estejas no exército. Na vida normal, o acto de ensinar é mais eficaz quando vem do coração e é transmitido de uma maneira afável e atenciosa.

As crianças precisam de saber aonde as fronteiras estão, e o que é esperado delas no contexto da familia. Isto ajuda a assegurar uma sensação de segurança que encoraja um comportamento calmo. Mas esta informação pode ser transmitida de uma maneira terna e serena, usando as técnicas de comunicação e negociação.

As técnicas de comunicação e negociação fazem verdadeiramente parte da técnica de disciplina.

A vossa responsabilidade como pais é de ensinar a vossa criança – dando o exemplo e por palavras – o que é necessário deles para se tornarem adultos afectuosos que reconhecem os seus plenos poderes. Tu és o/a professor(a), e eles são os discipulos. E ás vezes, eles são os/as professores(as), e vocês, como pais, são os discipulos. Deixem a relação entre vocês ser tão afectuosa e educativa como a de Cristo com os seus discipulos.

 

 

 

 

 

12

 

 

Matias de Stefano / Ater Tumti : A Herença Universal (legendada em Portugues)

https://www.youtube.com/watch?v=HS0vT9ncxxs#t=24

1 As crianças de Cristal - Youtube - Paul Codde

2 Guiar crianças para a Luz

3 Crianças Indigo / Por Ana Lucia Santana

4 Informação básica para pais de Crianças Indigo / Cristal

5 Crianças das Estrelas / Celso J.S. Nogueira

6 TDA, Hiperatividade nas Crianças Cristais

7 Despertar das Crianças cristal / Steve Rother e o Grupo

8 O Contrato entre Pais e Filhos / Arcanjo Miguel através de Célia Fenn

9 Guerreiros do coração : A maneira do pacificador Cristal Célia Fenn

10 O “Anjo Humano” Indigo Cristal por Celia Fenn

11 Educando com o Coração por Célia Fenn

PORTUGUES 2

 

12 Signor Antoine de Saint Exupéry, o principizinho esta da volta / Paul Codde -

Trad. Paulo Jorge Liberato Pereira De Almeida

13 Sites

14 Tinta Fresca - Memórias de outras vidas

15 Orbs : Seres de luz, esferas luminosas

16 Matias de Stefano : 15 juni 2014 : Carta entregue ao Papa Francisco

17